Flamengo domina Fluminense e avança para final da Taça Guanabara

Jorge de Sousa

Fluminense - Flamengo - Campeonato Carioca - Taça Guanabara

Com uma atuação dominante, o Flamengo venceu o Fluminense por 3 a 2 na noite desta quarta-feira (12), se classificando para a final da Taça Guanabara do Campeonato Carioca.

O clássico válido pela semifinal da Taça Guanabara foi realizado no Maracanã, que recebeu 59.025 torcedores.

Bruno Henrique, Gabriel Barbosa e Filipe Luís marcaram os gols do Flamengo, enquanto Luccas Claro e Evanílson diminuíram para o Fluminense.

O Flamengo assim segue firme em busca do bicampeonato do Campeonato Carioca, sendo que na última temporada a equipe rubro-negra ainda se sagrou campeã do Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores.

TRÊS TÍTULOS EM TRÊS SEMANAS?

O torcedor flamenguista pode comemorar três títulos nas próximas três semanas. Com as decisões da Taça Guanabara, da Supercopa do Brasil e da Recopa Sul-Americana, a equipe pode iniciar 2020 como finalizou o ano passado.

Neste domingo (16), o Flamengo vai a Brasília para encarar o Athletico Paranaense na decisão da Supercopa do Brasil, às 11h. O duelo será disputado em jogo único, com empate no tempo normal sendo decidido nas penalidades.

Já nos dias 19 e 26 de fevereiro (duas próximas quartas-feiras), o Flamengo terá os dois jogos da final da Recopa Sul-Americana contra o Independiente del Valle. O próximo jogo será no Equador e a decisão será no Maracanã.

Já a decisão da Taça Guanabara será realizada no dia 23 (domingo), com o Flamengo aguardando entre o vencedor do duelo entre Boavista e Volta Redonda, que acontece neste domingo (16).

DOIS TEMPOS DISTINTOS

Nenê - Fluminense - Flamengo - Campeonato Carioca - Taça Guanabara
Nenê marcou gol de calcanhar no último Fla x Flu, mas sofreu com a marcação no clássico desta quarta. (Lucas Merçon/Fluminense F.C.)

O Flamengo abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo. Após cobrança de escanteio curto, Arrascaeta cruzou fechado, Muriel saiu mal do gol e Bruno Henrique ganhou pelo alto para escorar para o fundo das redes.

Muriel quase falhou novamente aos cinco minutos. Ao tentar sair jogando com os pés, o goleiro entregou a bola nos pés de Everton Ribeiro, que lançou Filipe Luís. O lateral finalizou cruzado, mas o arqueiro conseguiu espalmar.

Novo erro de saída de bola do Fluminense resultou no segundo gol do Flamengo. Wellington Silva errou o passe para Henrique, Gabigol recupera a bola e vai sozinho até a área, tocando na saída de Muriel para balançar as redes.

Muriel conseguiu evitar o terceiro gol do Flamengo aos 21 minutos. Arrascaeta fez bom lançamento para Everton Ribeiro na área e o meia tentou a finalização de cavadinha, mas o goleiro conseguiu ser rápido e abafou o chute.

O Flamengo seguiu na pressão e ficou novamente perto do gol aos 32 minutos. Flipe Luís rolou para Arrascaeta na entrada da área e o uruguaio pegou de primeira para Muriel espalmar.

O Fluminense teve sua melhor chance no primeiro tempo aos 38 minutos. Digão fez lançamento do campo de defesa para Evanilson, que fintou Diego Alves, mas adiantou demais a bola e saiu pela linha de fundo.

Ainda deu tempo de Muriel novamente salvar o Fluminense aos 39 minutos. Gabigol foi lançado na direita e cruzou para Arrascaeta, que dominou no peito e finalizou sem deixar a bola cair, mas o goleiro se esticou e defendeu no direito.

O Fluminense levou perigo logo no primeiro lance do segundo tempo. Digão novamente faz bom lançamento da defesa e encontra Evanilson na área, após erro no corte de Gustavo Henrique. O atacante buscou o chute cruzado e Diego Alves fez boa defesa.

Mas aos quatro minutos o Flamengo conseguiu o terceiro gol. Gabigol recebeu na área e apenas rolou para a batida cruzada de Filipe Luís no canto esquerdo de Muriel.

O Fluminense seguiu vivo no jogo e diminuiu o placar aos 15 minutos. Nenê cobrou falta no segundo poste, Yuri escorou para o meio da área e Luccas Claro cabeceou firme para vencer Diego Alves.

Muriel salvou mais uma vez o Fluminense aos 18 minutos. Após tabelar com Arrascaeta, Everton Ribeiro ficou livre para finalizar em curva e Muriel espalmar.

Só que o Fluminense não desistiu do jogo e diminuiu o placar aos 25 minutos. Gilberto cruzou da direita, a zaga não conseguiu o corte e a bola sobrou para Evanilson, que deslocou Diego Alves para balançar as redes.

O árbitro de vídeo chegou a anular um gol do Fluminense aos 38 minutos. Nenê ajeitou para Pacheco, que invadiu a área e finalizou rasteiro para balançar as redes. Mas o atacante estava em impedimento quando foi lançado e por isso o lance foi invalidado.

Já aos 55 minutos, o Fluminense teve outro gol anulado pelo VAR. Nenê fez o cruzamento, Digão escorou no primeiro poste e Caio Paulista cabeceou para o fundo das redes. Mas o atacante estava em posição irregular e o lance também foi invalidado.

Previous ArticleNext Article