Flamengo derrota o Inter e emplaca oito vitórias seguidas no Brasileirão

Vinicius Cordeiro


O Flamengo bateu o Internacional por 3 a 1 nesta quarta-feira (25) e emplacou a oitava vitória seguida no Campeonato Brasileiro. Gabigol, em cobrança de pênalti, Arrascaeta e Bruno Henrique marcaram pelo Fla, enquanto Edenílson descontou pelos gaúchos. O Colorado foi valente: chegou a empatar o jogo após as expulsões do lateral Bruno e do atacante Paolo Guerrero, mas não conseguiu segurar o líder do Brasileirão.

O duelo, válido pela 21ª rodada, aconteceu no Maracanã e contou com um público de 64.548 pessoas. A renda acabou sendo de R$ 2.810.435,50.

Com o resultado, o Fla chega aos 48 pontos e aumenta a diferença para o Palmeiras. Entretanto, os paulistas entram em campo nesta quinta-feira (26), contra o CSA.

Do outro lado, o Inter segue 36 pontos e aparece na quarta posição. Já que o São Paulo tropeçou e o Corinthians teve o duelo contra a Chapecoense anulado pela semifinal da Copa Sul-Americana, o Colorado não pode ser ultrapassado nessa rodada.

Para fechar, a série de quatro triunfos seguidos acabou sendo interrompida.

PRÓXIMOS JOGOS

O Flamengo se prepara agora para enfrentar o São Paulo. O duelo, que abre a 22ª rodada, acontece neste sábado (28), às 19h, no Maracanã.

Vale lembrar que o Urubu enfrenta o Grêmio, pela semifinal da Libertadores, no meio da próxima semana. Entretanto, mesmo assim, o técnico Jorge Jesus deve usar o time titular contra os são-paulinos.

Já o Internacional entra em campo contra o Palmeiras no domingo (29), às 16h, no Beira-Rio. Por causa das expulsões, Bruno e Guerrero são desfalques certos do time gaúcho. Para fechar os problemas do técnico Odair Hellmann, Moledo também deve ser ausência.

MOLEDO, EXPULSÕES E GABIGOL

Como esperado, o Flamengo tomou a iniciativa do jogo. O problema para o Inter foi que o zagueiro Rodrigo Moledo sentiu dores na coxa esquerda e teve de ser substituído.

Aos 10 minutos, o jovem Klaus entrou na partida e falhou no lance que mudou a história do jogo. O camisa 44 não cortou e permitiu que Gabigol saísse cara a cara com Marcelo Lomba. O artilheiro do Brasileirão driblou o goleiro e bateu rasteiro, mas a bola parou no braço de Bruno. O árbitro Luiz Flavio de Oliveira, com auxílio do VAR, expulsou o lateral direito e assinalou o pênalti.

Na cobrança, Gabigol bateu com força para abrir o marcador.

O Inter já não chegava com perigo, mas as coisas pioraram aos 43 minutos. Paolo Guerrero, que já estava irritado, acabou tendo um corte no rosto depois de disputar a bola com Rodrigo Caio e Rafinha. O atacante peruano reclamou de forma ofensiva e também recebeu o cartão vermelho.

ETAPA FINAL: INTER GUERREIRO, MAS FLA RESOLVE

Mesmo com dois homens a menos, o Inter surpreendeu quando todos achavam que o Flamengo ia construir uma goleada. Aos 3 minutos, Patrick ganhou a disputa de Willian Arão e Rodrigo Caio. A bola sobrou para Rodrigo Lindoso, que rolou para Edenílson bater colocado e empatar o marcador.

Apesar do empate, os cariocas não se desesperaram e o gol saiu aos 10 minutos. Rafinha cruzou na medida e Arrascaeta cabeceou firme para incendiar o Maracanã.

Depois, aos 29, o Fla matou o jogo. Rafinha cruzou, Arrascaeta ajeitou e Bruno Henrique completou para as redes.

Previous ArticleNext Article