Fluminense segura Botafogo e decide Taça Rio contra o Flamengo

Jorge de Sousa

Fluminense segura Botafogo e decide Taça Rio contra o Flamengo

Com a vantagem do empate, o Fluminense segurou o placar em 0 a 0 contra o Botafogo na tarde deste domingo (5) e avançou para a final da Taça Rio.

O duelo foi realizado no Estádio Nilton Santos, com os portões fechados. Mesmo o estádio sendo de posse do Botafogo, o mando da partida foi do Fluminense.

O Fluminense irá decidir a Taça Rio contra o Flamengo e caso vença o rival irá duelar novamente contra os rubro-negros pela final do Campeonato Carioca.

As duas equipes se enfrentaram pela fase semifinal da Taça Guanabara e o Flamengo saiu vencedor do duelo pelo placar de 3 a 2.

BOTAFOGO DE “FÉRIAS” ATÉ AGOSTO

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) reiterou neste domingo (5) em entrevista ao Globo que deseja iniciar os Campeonatos Brasileiro das Séries A, B e C entre os dias 8 e 9 de agosto.

Dessa forma, o Botafogo terá mais de um mês para se preparar até o início do Campeonato Brasileiro.

Mas vale ressaltar que a pandemia do novo coronavírus segue com altos índices de contaminação no Brasil e por isso ainda é incerto cravar as datas de início do Brasileiro.

Inclusive, Botafogo e Fluminense se opuseram a retomada dos jogos do Campeonato Carioca, alegando falta de segurança para a prática de esportes no Rio de Janeiro, segundo estado brasileiro com mais casos e mortes pelo coronavírus.

FLUMINENSE CONTOU COM TRAVE AMIGA PELA VAGA

Fluminense segura Botafogo e decide Taça Rio contra o Flamengo
Mailson Santana/Fluminense FC

Mesmo com a vantagem do empate, o Fluminense começou melhor a partida. Logo aos quatro minutos, Nenê cobrou falta na pequena área e Nino escorou de cabeça perto do poste esquerdo.

O Botafogo foi se soltando em campo e começou a criar as melhores oportunidades. A primeira foi aos 11 minutos, quando Luiz Fernando serviu Luiz Henrique na área. O atacante chutou rasteiro e a bola passou à esquerda da meta.

Aos 17 minutos, Pedro Raul foi lançado por Danilo Barcelos e finalizou para bela defesa de Muriel. No rebote o atacante mandou a bola para fora.

O cenário não se alterou no segundo tempo e o Fluminense levou perigo com contra-ataque aos 14 minutos. Wellington Silva recebeu na esquerda e cruzou para Fred. O atacante recebeu livre de marcação, mas finalizou torto e perdeu boa chance.

Mas a melhor chance de gol da partida saiu aos 28 minutos. Honda aproveitou sobra na intermediária e serviu Bruno Nazário na pequena área. O meia avançou e finalizou firme no poste esquerdo.

Previous ArticleNext Article