Fluminense e Vasco não saem do 0 a 0, e resultado fica ruim para ambos

Folhapress

fluminense

Em um jogo marcado por muita correria e chances perdidas, Fluminense e Vasco não saíram do 0 x 0, neste sábado(2), no Maracanã, pelo Brasileiro. O resultado não foi bom para ninguém, já que o Flu segue na zona do rebaixamento, enquanto o Vasco segue estacionado no meio da tabela de classificação e vê o sonho de alcançar o grupo da Libertadores ficar um pouco mais longe.

Sem muitos valores técnicos, os times até criaram, mas pecaram na hora da finalização. O Flu, que teve mais possibilidades durante o clássico, chegou a carimbar o travessão com Daniel. Os vascaínos adotaram postura mais retraída, mas assustaram Muriel, especialmente em conclusões de Guarín e Marrony.

Na próxima rodada, o Cruz-maltino recebe a visita do Palmeiras, quarta-feira (6), 21h30, em São Januário. O Tricolor joga na quinta-feira (7) contra o São Paulo, 19h30, no Morumbi.

O Fluminense teve boa atuação no Maracanã e foi melhor que o Vasco no clássico. Mas não é justo dizer que merecia a vitória, pois o futebol depende de gols. E a dificuldade do Tricolor em transformar a posse e a produção ofensiva em gols é gritante. O Flu teve ao menos cinco chances claras – duas de Daniel, duas de Yony Gonzalez e uma de Marcos Paulo -, mas não conseguiu balançar as redes mais uma vez. Faltou o pé do centroavante oportunista, que se o clube produziu em João Pedro (que está em má fase), não utilizou no clássico. Mesmo pressionado, Marcão também repetiu erros. O técnico teve uma substituição a escolher, mas preferiu o lugar comum de trocar Ganso por Nenê.

O destaque ofensivo do Fluminense na partida ficou pela atuação do atacante Marcos Paulo. No primeiro tempo, aberto pela esquerda, levou Yago Pikachu à loucura. Na segunda etapa, mais centralizado, formou boa dupla com Daniel, e criou boas chances que Yony González não aproveitou. Além disso, abriu espaços para Ganso, que flutuou como falso 9.

No rival, o atacante Ribamar pouco foi visto no clássico contra o Flu. Sem ser municiado pelos jogadores de lado e com a partida tímida dos laterais, o centroavante foi peça nula, já que não tem características para buscar o jogo mais atrás. Na única chance real que teve, não alcançou bom cruzamento de Raul.

Com o Flu em situação difícil na tabela e apenas 1.500 ingressos destinados ao vascaínos, o Maracanã não recebeu um público à altura de um dos maiores clássicos do futebol carioca. Apenas 14.206 pagaram ingressos. O público presente foi de 16.056 torcedores.

Previous ArticleNext Article