Fluminense segura Flamengo e é campeão carioca após dez anos

O Fluminense segurou empate em 1 a 1 com o Flamengo na noite deste sábado (2) e conquistou o título carioca após dez anos.

Jorge de Sousa - 02 de abril de 2022, 19:58

Mailson Santana/Fluminense F.C.
Mailson Santana/Fluminense F.C.

O Fluminense segurou empate em 1 a 1 com o Flamengo na noite deste sábado (2) e conquistou o título carioca após dez anos.

Germán Cano novamente foi protagonista pela equipe tricolor ao marcar o gol do Fluminense na partida, sendo que no jogo de ida havia marcado duas vezes contra o Flamengo.

O título do Fluminense ainda encerra uma sequência de três conquistas consecutivas do Flamengo e deixou a equipe tricolor com 32 troféus do Campeonato Carioca, cinco abaixo do rival rubro-negro.

A conquista marca o quarto título de Abel Braga no comando do Fluminense, sendo o terceiro Campeonato Carioca (2005 e 2012) e também o Campeonato Brasileiro de 2012.

FLUMINENSE CONTA COM CANO NOVAMENTE PELO FIM DO JEJUM

A primeira chegada da partida foi criada pelo Fluminense. Aos cinco minutos, Paulo Henrique Ganso cobrou escanteio da esquerda e Manoel testou rente ao poste direito.

Nova chance do Fluminense aos oito minutos. Cristiano finalizou da entrada da área, a bola explodiu em Gustavo Henrique e na sobra, David Braz finalizou de voleio para Hugo Souza defender.

Só que foi o Flamengo quem abriu o placar aos 28 minutos. Arrascaeta disparou pela esquerda e cruzou rasteiro para Gabriel finalizar de carrinho na pequena área.

O Fluminense tentou responder aos 35 minutos. David Braz arriscou finalização da intermediária e a bola passou rente ao travessão.

O Flamengo voltou a levar perigo aos 40 minutos. Arrascaeta recebeu na direita, trouxe para o meio e finalizou rente ao poste esquerdo.

O empate do Fluminense chegou aos 43 minutos. Paulo Henrique Ganso recebeu na área e rolou para Arias cruzar na linha de fundo para Cano na pequena área. A finalização desviou em Filipe Luís e saiu do alcance de Hugo Souza.

Aos quatro minutos, David Luiz cometeu falta na entrada da área e o árbitro Bruno Arleu de Araújo decidiu não dar cartão amarelo ao zagueiro, que resultaria em expulsão, Na cobrança da falta, Ganso mandou a bola rente ao poste direito.

O Flamengo respondeu aos sete minutos. Lázaro fez jogada individual na entrada da área, caiu após dividida e a bola sobrou para Arrascaeta, que finalizou por cima da meta.

Nova chegada do Flamengo aos 11 minutos. Arrascaeta cobrou escanteio da esquerda e João Gomes resvalou de cabeça, com a bola passando rente ao poste esquerdo.

Aos 14 minutos, Cano foi acionado na área, tentou fintar Filipe Luís e a bola bateu na mão estendida do lateral. Após revisão no VAR, Bruno Arleu de Araújo confirmou a penalidade.

Cano foi para a cobrança e mandou no meio do gol, mas Hugo Souza conseguiu fazer a defesa com as pernas.

Everton Ribeiro ficou perto de marcar aos 17 minutos. O meia avançou pela faixa central e finalizou rente ao poste direito.

Matheuzinho quase contou com a sorte para marcar aos 37 minutos. O lateral cruzou da direita, a bola desviou em Cristiano e Fábio deu um tapa na bola quase junto ao travessão.

Filipe Luís perdeu grande chance para marcar aos 42 minutos. Arrascarta cobrou falta lateral, a zaga do Fluminense não conseguiu fazer o corte e o lateral ficou com a sobra na pequena área, mas chutou rente ao poste esquerdo.

Aos 44 minutos, o clima do jogo esquentou quando Fred e Bruno Henrique trocaram empurrões em campo e continuaram a confusão fora de campo, motivando os dois bancos a trocarem agressões.

FLUMINENSE 1 X 1 FLAMENGO

Local: Maracanã, Rio de Janeiro

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo

Assistentes: Daniel do Espírito Santo Parro e Carlos Henrique Alves de Lima Filho

FLUMINENSE

Fábio, Manoel, Nino e David Braz; Calegari (David Duarte), André, Yago Felipe (Nonato), Paulo Henrique Ganso (Martinelli) e Cristiano; Arias (Luiz Henrique) e Germán Cano (Fred).  T.: Abel Braga.

FLAMENGO

Hugo Souza, Gustavo Henrique (Willian Arão), David Luiz e Rodinei (Matheuzinho); João Gomes, Andreas Pereira (Everton Ribeiro), Arrascaeta e Lázaro (Pedro); Bruno Henrique e Gabriel. T.: Paulo Sousa.

Gol: Gabriel (28 minutos/1ºT) e Germán Cano (43 minutos/1ºT)

Cartões amarelos: David Braz, Cristiano e André (FLU); David Luiz, Gabriel, João Gomes e Pedro (FLA)

Cartões vermelhos: Fred (FLU); Bruno Henrique (FLA)

LEIA MAIS: Grêmio vence Ypiranga e confirma pentacampeonato gaúcho