Fluminense e Santos empatam e continuam em crise no Brasileirão

Jorge de Sousa

Oswaldo de Oliveira - Fluminense - Santos - Campeonato Brasileiro

Em um resultado ruim para ambos os times, Fluminense e Santos empataram em 1 a 1 no Maracanã, nesta quinta-feira (26), e continuam em crise no Campeonato Brasileiro.

O Santos abriu o placar com Soteldo e o Fluminense empatou com gol contra de Lucas Veríssimo.

A partida também ficou marcada por forte discussão entre Paulo Henrique Ganso e Oswaldo Oliveira. Ao ser substituído no segundo tempo, Ganso chamou o técnico de “burro” e Oliveira retrucou chamando o atleta de “vagabundo” e teve que ser contido para não agredir o jogador.

O duelo válido pela 21ª rodada do Brasileirão foi realizado no Maracanã, no Rio de Janeiro, com presença de 19.769 torcedores.

O empate tirou o Fluminense da zona de rebaixamento, mas a equipe está com os mesmos 19 pontos de Cruzeiro e CSA, tendo vantagem apenas no número de vitórias.

Já o Santos fica cada vez mais distante de Flamengo e Palmeiras pela luta ao título do Campeonato Brasileiro. A equipe está a dez pontos de distância dos cariocas e sete dos paulistas, sem vencer há quatro jogos na competição.

PRÓXIMOS JOGOS

O Fluminense recebe no Maracanã o Santos no próximo domingo (29),  às 16h

O Santos também atua no domingo, às 16h. A equipe recebe o CSA na Vila Belmiro.

O JOGO

Oswaldo de Oliveira - Paulo Henrique Ganso - Fluminense - Santos - Campeonato Brasileiro
Ganso foi chamado de “vagabundo” por Oliveira após confusão na beira do campo. Divulgação/ Fluminense

O Santos criou a primeira oportunidade de gol do jogo. Derlis González recebeu livre da marcação e finalizou para grande defesa de Muriel.

Aos 13 minutos, o Santos exigiu novamente boa intervenção de Muriel. Após jogada pela esquerda, Felipe Jonatan finalizou cruzado e o goleiro do Fluminense salvou de novo.

O gol do Santos saiu aos 38 minutos. Em boa jogada individual, Soteldo fintou dois marcadores e bateu no canto direito de Muriel para abrir o placar.

A primeira chance de perigo do segundo tempo foi do Fluminense. Allan arriscou da intermediária e Everson teve que se esticar para defender a bola.

Aos 33 minutos, o Fluminense ficou com dez jogadores em campo. Digão chutou Marinho no chão e Wilton Pereira Sampaio consultou o VAR para expulsar o zagueiro.

O Fluminense perdeu uma grande chance de gol aos 43 minutos. João Pedro lançou Allan e o volante saiu na cara de Everson. Na tentativa de tirar, o atleta mandou a bola para fora.

O Santos respondeu aos 46. Após cruzamento na área, Muriel saiu mal e Lucas Veríssimo escorou para fora com o gol completamente aberto.

Após contra-ataque com Marinho, Frazan derrubou o atacante e o Fluminense ficou com nove atletas em campo para os minutos finais.

Mas Wilton Pereira Sampaio ainda ia trabalhar na partida. Marinho recebeu cartões amarelos aos 50 e aos 54 minutos e foi expulso.

Previous ArticleNext Article