Atlético-MG empata com Fluminense e fica longe da briga pelo título

Jorge de Sousa

Atlético-MG empata com Fluminense e fica longe da briga pelo título

Atlético-MG e Fluminense não saíram do 0 a 0 na noite desta quarta-feira (10) em resultado que praticamente tirou o Galo da disputado do título do Campeonato Brasileiro.

O duelo foi realizado no Maracanã, no Rio de Janeiro, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

Com o empate, o Atlético-MG chegou aos 61 pontos, cinco atrás do líder Internacional, sendo que apenas nove pontos estão em disputa até o final do Campeonato Brasileiro.

Já o Fluminense segue vivo por uma vaga na próxima Copa Libertadores. O Tricolor soma 57 pontos, apenas dois abaixo do quarto colocado São Paulo – último classificado com vaga direta na competição internacional.

O Atlético-MG volta a campo neste sábado (13), quando recebe o Bahia no Mineirão, às 19h, enquanto o Fluminense viaja para duelar contra o Ceará, na segunda-feira (15), às 18h.

ATLÉTICO-MG COM POSSE, MAS POUCO EFETIVO NO MARACANÃ

A primeira chance de perigo foi criada pelo Atlético-MG aos oito minutos. Savarino fez boa jogada individual pela esquerda, invadiu a área e cruzou fechado, mas ninguém completou na pequena área.

O Fluminense tentou responder aos 12 minutos. Calegari avançou e cruzou da direita, mas Lucca não conseguiu completar o cruzamento de cabeça na área.

A melhor chance da primeira etapa foi de Eduardo Vargas. Aos 45 minutos, Júnior Alonso aproveitou rebote de escanteio e passou por elevação para o chileno, que ajeitou a bola e bateu rente ao poste direito.

Eduardo Sasha teve boa chance para abrir o placar aos cinco minutos do segundo tempo. Savarino cruzou da direita e Sasha testou firme, mas à direita da meta.

Nova chance do Atlético-MG aos 32 minutos. Marrony fez boa jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para Savarino, que tentou a finalização de carrinho, mas não alcançou a bola.

Allan teve boa chance para abrir o placar aos 33 minutos. Guilherme Arana conseguiu vencer disputa pelo alto e tocou de cabeça para o volante na entrada da área, mas a finalização subiu muito e passou por cima da meta.

O Atlético-MG seguiu na pressão e criou nova chance aos 47 minutos. Guilherme Arana cruzou da esquerda e Diego Tardelli cabeceou em disputa pelo alto com Matheus Ferraz, com a bola passando perto do poste direito.

Marcos Felipe salvou o Fluminense aos 46 minutos. Guilherme Arana arriscou finalização da entrada da área e o goleiro espalmou a bola no canto esquerdo.

O Fluminense teve duas chances para vencer a partida já nos acréscimos. Aos 50 minutos, Fernando Pacheco recebeu de Egídio na área e bateu em cima de Júnior Alonso.

Já aos 52 minutos, Michel Araújo arriscou da intermediária e Everson teve que se esticar para defender a bola que caminhava para o ângulo esquerdo.

LEIA MAIS: Band irá transmitir a F-1 com exclusividade no Brasil até 2022

Previous ArticleNext Article