Fluminense vence Botafogo e cola na zona de vaga na Libertadores

Jorge de Sousa

Fluminense vence Botafogo e cola na zona de vaga na Libertadores no Campeonato Brasileiro

O Fluminense venceu o Botafogo por 2 a 0 na noite deste domingo (24) e conseguiu colar na zona de classificação para a Copa Libertadores no Campeonato Brasileiro.

Lucca e Wellington Silva marcaram os gols do clássico realizado em São Januário, no Rio de Janeiro, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

A vitória deixou o Fluminense com 50 pontos, apenas um abaixo de Palmeiras e Grêmio – últimos classificados para a Copa Libertadores via Campeonato Brasileiro neste momento.

Mas vale lembrar que Palmeiras e Grêmio estão na final da Copa do Brasil e isso deixa o Fluminense perto da vaga na Libertadores mesmo que termine na sétima colocação.

Já o Botafogo segue muito próximo do rebaixamento, tendo somado apenas 23 pontos ganhos em 32 jogos, 12 abaixo da saída da zona de descenso.

As duas equipes voltam a campo na próxima semana. O Fluminense recebe o Goiás no Engenhão, no domingo (31), às 20h30, enquanto o Botafogo viaja para duelar contra o Palmeiras no Allianz Parque, na terça-feira (2), às 16h.

FALHA DE CAVALIERI DÁ VITÓRIA AO FLUMINENSE EM JOGO MORNO

A primeira chance da partida foi do Fluminense aos quatro minutos. Nenê bateu falta lateral e Lucca cabeceou rente ao poste direito de Diego Cavalieri.

A resposta do Botafogo veio aos 19 minutos. Zé Welison arriscou da entrada da área, a bola desviou em Luccas Claro e passou acima da meta.

Diego Cavalieri salvou o Botafogo aos 13 minutos. Yago Felipe arriscou finalização de média distância e o goleiro espalmou a bola para escanteio.

O Fluminense conseguiu abrir o placar aos 21 minutos. Luiz Henrique cruzou da esquerda, a zaga não conseguiu afastar, Lucca bateu rasteiro e Diego Cavalieri aceitou a finalização, com a bola batendo nas mãos do goleiro antes de entrar no gol.

O Botafogo voltou a finalizar com perigo apenas aos 30 minutos. Barrandeguy bateu falta da entrada da área e a bola passou rente ao poste esquerdo de Marcos Felipe.

Cícero teve nova chance aos 43 minutos. Após cobrança de lateral da esquerda, a bola sobrou para o volante cabecear e Marcos Felipe defender em dois tempos.

Já nos acréscimos, Wellington Silva recebeu de Marcos Paulo na área e foi derrubado por Diego Cavalieri. A árbitra Edina Alves Batista assinalou a penalidade e Wellington pegou a bola, batendo firme no canto esquerdo para fechar o placar.

LEIA MAIS: Queda de avião mata presidente e quatro jogadores do Palmas

Previous ArticleNext Article