Fluminense vence Cerro Porteño e fica perto das quartas de final da Libertadores

Jorge de Sousa

Fluminense vence Cerro Porteño e fica perto das quartas de final da Libertadores

O Fluminense venceu o Cerro Porteño por 2 a 0 na noite desta terça-feira (13) e ficou perto de garantir vaga nas quartas de final da Copa Libertadores.

Nenê e Egídio marcaram os gols do duelo realizado na La Olla Azulgrana, em Assunção, no Paraguai, sem presença de público devido a pandemia da Covid-19.

O jogo de volta das oitavas de final será realizado na próxima terça-feira (20), no Maracanã, às 19h15, com o Fluminense podendo perder por um gol de diferença para garantir a classificação.

Em sete participações na Copa Libertadores, o Fluminense chegou em quatro vezes nas quartas de final, a última em 2013, quando foi eliminada pelo Olimpia.

FLUMINENSE EFICIENTE E COM NENÊ INSPIRADO EM ASSUNÇÃO

O Fluminense começou melhor a partida e quase abriu o placar aos seis minutos. Nenê tabelou com Caio Paulista e finalizou colocado no canto direito para bela defesa de Jean.

O goleiro voltou a salvar o Cerro Porteño aos nove minutos. Yago Felipe aproveitou rebote de falta lateral e do canto da área finalizou para nova intervenção do arqueiro.

Abel Hernández perdeu chance incrível para abrir o placar aos 11 minutos. Egídio cruzou da esquerda e o centroavante perdeu o tempo da cabeçada, finalizando de ombro e mandando a bola pela linha de fundo.

Nova chance criada pelo Fluminense aos 24 minutos. Yago Felipe roubou bola no meio campo e rolou para Nenê, que lançou Gabriel Teixeira O atacante disparou pela esquerda e cruzou para Abel Hernández finalizar rente ao poste direito.

Nenê ficou perto de abrir o placar aos 28 minutos. O meia cobrou falta da entrada da área e carimbou o travessão de Jean.

O Cerro Porteño conseguiu criar a primeira chance de perigo aos 32 minutos. Espínola fez boa jogada pela ponta e cruzou rasteiro para Morales finalizar para fora.

Marcos Felipe salvou o Fluminense aos 34 minutos. Mateus Gonçalves cruzou na medida para Boselli, que testou para o chão e parou em grande intervenção do goleiro.

Aos 40 minutos, o árbitro Facundo Tello se envolveu em uma polêmica. Aquino cruzou da direita, Boselli dividiu com a zaga e se antecipou a Marcos Felipe para marcar. Só que Tello apitou antes e mesmo com a revisão do VAR apontando impedimento do centroavante, o lance já estava invalidado.

O Fluminense conseguiu abrir o placar aos três minutos do segundo tempo. Luiz Henrique cruzou da esquerda, Abel Hernández não conseguiu dominar a bola e Caio Paulista ajeitou para a batida de Nenê no canto esquerdo.

Espínola perdeu chance clara para empatar o jogo aos oito minutos. Alan Rodríguez bateu escanteio, Morales ganhou pelo alto e a bola ficou limpa para lateral, que na pequena área, finalizou rente ao travessão.

O ‘castigo’ foi aplicado pelo Fluminense aos 15 minutos. Nenê puxou contra-ataque e rolou para Caio Paulista na área, mas o atacante foi desarmado e a bola sobrou para Egídio finalizar firme para as redes.

Abel Hernández teve outra grande chance para balançar as redes no Paraguai. Aos 20 minutos, Egídio cruzou para o centroavante, que cabeceou mirando o canto esquerdo, mas errou por pouco.

Marcos Felipe voltou a aparecer aos 22 minutos. Morales arriscou a finalização de média distância e o goleiro se esticou para espalmar no canto direito.

Jean evitou o terceiro gol do Fluminense aos 29 minutos. Samuel Xavier cruzou da direita e Cazares tocou de cabeça para o goleiro espalmar na linha de gol.

O Cerro Porteño tentou responder aos 31 minutos. Luccas Claro errou corte na área e Morales ficou livre para chutar cruzado, parando em defesa de Marcos Felipe.

Lucca perdeu chance incrível aos 44 minutos. Luiz Henrique puxou contra-ataque da esquerda e serviu Kayky na área, mas o atacante parou em grande defesa de Jean. O rebote sobrou na pequena área para Lucca, que isolou o chute.

LEIA MAIS: Cartola FC: Dicas para bons e baratos na 12ª rodada do Brasileiro

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="775358" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]