Fluminense vence River Plate e avança como líder do grupo na Libertadores

Jorge de Sousa

Fluminense vence River Plate e avança como líder do grupo na Libertadores

O Fluminense venceu o River Plate por 3 a 1 na noite desta terça-feira (25) e avançou para as oitavas de final da Copa Libertadores como líder do Grupo D.

Caio Paulista, Nenê e Yago Felipe marcaram os gols do duelo foi realizado no Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, na Argentina, sem presença de público devido a pandemia da Covid-19. Girotti descontou para o River Plate.

Junto de Fluminense e River Plate no Grupo D da Copa Libertadores estão o Junior Barranquilla e o Independiente Santa Fé. As equipes também jogaram nesta terça-feira, empatando em 0 a 0.

Após as seis rodadas da primeira fase disputadas, o Fluminense terminou como líder do Grupo D com 11 pontos. Mesmo com a derrota, o River Plate também se classificou com nove pontos ganhos. Já Junior (sete pontos) e Sante Fé (três pontos) foram eliminados.

FRED EM ‘NOITE DE GARÇOM’ GARANTE VITÓRIA DO FLUMINENSE

O River Plate chegou a ter 23 jogadores vetados na Copa Libertadores devido contaminações pela Covid-19, mas pode contar com nove retornos para o duelo contra o Fluminense.

Entre eles o goleiro Armani, que reassumiu a meta do River Plate e possibilitou que Enzo Pérez pudesse voltar a jogar como jogador de linha.

Após o apito inicial, o Fluminense precisava da vitória para não depender do resultado entre Junior e Santa Fé e por isso foi para cima do River Plate desde o início.

Logo aos nove minutos, Nenê bateu escanteio da direita e Nino ganhou da marcação para testar rente ao poste direito de Armani.

A resposta do River Plate veio aos 11 minutos. De La Cruz invadiu a área pela direita e chutou cruzado, Marcos Felipe espalmou para frente e Borré chutou em cima do goleiro.

O Fluminense conseguiu abrir o placar aos 21 minutos. Fred recebeu na entrada da área e passou por elevação para Caio Paulista, que sem deixar a bola cair finalizou no canto direito.

Nova chance do River Plate aos 25 minutos. Carrascal recebeu na esquerda, puxou para o centro e finalizou direto no travessão de Marcos Felipe.

Mas foi o Fluminense quem marcou novamente aos 28 minutos. Fred lançou Nenê na área e o meia deixou a bola quicar no gramado, emendando de primeira cruzado para vencer Armani.

Nenê quase marcou o segundo na partida aos 45 minutos. Em cobrança de falta da entrada da área, o meia bateu rente ao poste direito e acertou a rede pelo lado de fora.

Yago Felipe ficou perto de ‘matar’ o jogo aos cinco minutos do segundo tempo. O volante foi lançado na área, limpou a marcação e chutou no travessão de Armani.

A situação complicou de vez para o River Plate aos 21 minutos. Maidana acertou uma cotovelada no rosto de Caio Paulista e foi expulso de forma direta pelo árbitro Esteban Ostojich.

Mesmo com um a menos, o River Plate foi para o abafa para tentar buscar o empate. Aos 31 minutos, Álvarez recebeu na área e finalizou em cima da marcação, mas pegou o rebote e acertou a rede pelo lado de fora.

A pressão resultou em gol aos 39 minutos. De La Cruz avançou pela direita e cruzou rasteiro para Girotti antecipar a marcação e finalizar cruzado no canto esquerdo.

A tranquilidade para o Fluminense veio apenas aos 47 minutos. Abel Hernández recebeu na entrada da área e esperou a passagem de Yago Felipe, que invadiu a área e bateu cruzado no canto direito.

LEIA MAIS: Athletico: decreto em Curitiba mantém toque de recolher e afeta jogo da Sul-Americana

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="766238" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]