Athletico fica no empate sem gols contra o Fortaleza

Furacão conseguiu segurar a pressão do time da casa, aumenta série invicta para cinco jogos e termina rodada no G6

Gabriel Sawaf - 12 de junho de 2022, 21:29

Geraldo Bubniak/AGB
Geraldo Bubniak/AGB

O Athletico ficou no empate sem gols contra o Fortaleza na noite deste domingo (12) na Arena Castelão. A partida foi válida pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado o Furacão fechou a rodada na quinta colocação, com 17 pontos, e se manteve na zona de classificação para a Libertadores. Já o Leão da Pici segue na lanterna, com sete pontos somados.

PRÓXIMOS JOGOS 

O Furacão volta a campo pela 12ª rodada na próxima quarta-feira (15), às 21h30, contra o Corinthians, na Arena da Baixada. Já o Fortaleza volta a campo na quinta (16), às 19h, contra o Avaí, na Ressacada.

RUBRO-NEGRO É PRESSIONADO, MAS VAI PARA O INTERVALO SEM SER VAZADO

Para o duelo no Castelão, Felipão fez mudanças em relação ao time que venceu o Juventude. Rômulo substituiu o suspenso Pablo. Na defesa, Matheus Felipe atuou no lugar de Pedro Henrique. A única alteração por opção foi a entrada de Léo Cittadini na vaga de Pedro Rocha, que não viajou com a equipe.

O jogo começou com o Leão em cima para tentar sair na frente. O Tricolor teve duas oportunidades, com Robson, que parou em defesa de Bento, e Yago Pikachu, que chegou de surpresa na área, mas chutou por cima do gol. Depois os tabelaram e o goleiro athleticano defendeu com a perna o chute de Pikachu.

O Rubro-Negro conseguiu equilibrar a partida e teve sua primeira oportunidade aos 26’. Abner invadiu a área e cruzou fechado. A bola veio venenosa e foi no travessão de Marcelo Boeck.

A partida ficou muito truncada, com o time da casa tendo o controle da bola, mas sem conseguiu criar chances. O jeito foi arriscar de fora da área. Aos 41’, Moisés arriscou de longe e Bento fez boa defesa. Depois, aos 44’, Zé Welison arriscou e mandou por ciam do gol.

FURACÃO MUDA DE UNIFORME, MAS PLACAR NÃO SAI DO ZERO

A segunda etapa começou com o Furacão mudando o uniforme. Porém, o jogo seguia a mesma dinâmica, com o Fortaleza procurando espaços para atacar. Na primeira etapa tentativa, Robson arriscou de fora e parou em defesa de Bento.  Depois, Zé Welison arriscou para fora.

Aos 12’ veio a primeira grande oportunidade do Furacão no jogo. Cuello recebeu na área, dominou, mas pegou embaixo e mandou por cima do gol.

Nos minutos finais as oportunidades apareceram para os dois lados. Primeiro Babi foi lançado no ataque, percebeu a saída de Boeck e tentou mandar de fora da área. A bola passou pertinho da rede tricolor.

Depois Hercules arriscou de longe e levou perigo ao gol de Bento. Já nos acréscimos veio a grande chance do time da casa. Após cruzamento na área, Ceballos ficou com a bola na pequena área, girou e chutou para fora. Pikachu ainda tentou de fora da área, mas a rede não balançou no Castelão.

FICHA TÉCNICA – FORTALEZA X ATHLETICO

Data, horário e local: domingo (12/06/2022), às 19h, na Arena Castelão, em Fortaleza.

Cartões amarelos: Yago Pikachu (FEC)Matheus Fernandes, Marcelo Cirino e Erick (CAP)

Fortaleza: Marcelo Boeck; Landázuri (Hercules), Titi e Benevenuto; Yago Pikachu, Jussa (Ceballos), Zé Welison, Lucas Lima (Romero) e Juninho Capixaba; Moisés (Romarinho) e Róbson (Renato Kayzer). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Athletico: Bento; Khellven, Matheus Felipe, Nico Hernández e Abner; Hugo Moura, Matheus Fernandes (Erick) e David Terans (Pedrinho); Cuello (Marcelo Cirino), Léo Cittadini (Vitor Bueno) e Rômulo (Matheus Babi). Técnico: Luiz Felipe Scolari. 

Arbitragem: Andre Luiz de Freitas Castro (GO), auxiliado por Fabrício Vilarinho da Silva (FIFA/GO) e Tiago Gomes da Silva (GO). A responsável pelo árbitro de vídeo (VAR) foi Daiane Caroline Muniz dos Santos (FIFA/SP).