Bahia vence Fortaleza e fica perto de escapar do rebaixamento

Jorge de Sousa

Bahia vence Fortaleza e fica perto de escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro

O Bahia venceu o Fortaleza por 4 a 0 na noite deste sábado (20) e ficou perto de garantir a permanência no Campeonato Brasileiro para a próxima temporada.

Rodriguinho foi o herói da noite ao marcar três gols (Rossi de pênalti fez o quarto gol) na vitória do Bahia.

O duelo foi realizado na Arena Castelão, em Fortaleza, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

A vitória deixou o Bahia com os mesmos 41 pontos do Fortaleza, mas com a vantagem sobre o Tricolor de Aço pelo número de vitórias (11 contra 10).

As duas equipes estão com quatro pontos de vantagem para o Vasco da Gama e cinco acima do Goiás. Essas duas equipes entram em campo neste domingo (21) e caso não vençam seus compromissos contra Corinthians e Red Bull Bragantino, respectivamente, estarão rebaixadas para a Série B.

Na última rodada do Campeonato Brasileiro, as duas equipes entram em campo nesta quinta-feira (25), às 21h30. O Fortaleza viaja para enfrentar o Fluminense no Maracanã, enquanto o Bahia recebe o Santos na Itaipava Arena Fonte Nova.

RODRIGUINHO DÁ ‘SHOW’ E COLOCA BAHIA COM UM PÉ E MEIO NA SÉRIE A

O Bahia conseguiu abrir o placar logo aos seis minutos. Ronaldo fez desarme no meio campo e lançou Nino Paraíba na direita, com o lateral cruzando na medida para Rodriguinho testar firme no canto direito.

Paulão quase empatou o jogo aos dez minutos. Juninho bateu falta da direita, a bola passou pelo meio da área e Paulão finalizou no travessão de Douglas Friedrich.

Nova chance do Fortaleza na bola parada aos 38 minutos. Juninho fez outro bom cruzamento da direita e dessa vez David testou firme perto do travessão.

Ronaldo ficou perto de ampliar o placar aos quatro minutos do segundo tempo. Rodriguinho serviu o volante na entrada da área, que bateu cruzado e carimbou o poste esquerdo.

Douglas Friedrich apareceu pela primeira vez aos seis minutos. Felipe invadiu a área, Wellington Paulista fez o corta-luz e o meia bateu cruzado para o goleiro defender em dois tempos.

Juninho voltou a aparecer aos 12 minutos. Em cobrança de falta da intermediária, o meia bateu a bola rasteira e Douglas Friedrich foi buscar a bola no canto direito.

Só que Rodriguinho marcou de novo para o Bahia aos 16 minutos. Novamente jogada pela direita de Nino Paraíba que cruzou na medida para o meia testar firme no canto esquerdo.

Aos 19 minutos, Rossi foi lançado na direita e o atentar invadir a área foi puxado por Felipe. Luiz Flávio de Oliveira assinalou a penalidade e expulsou Felipe, após mostrar o segundo cartão amarelo para o meia.

Rodriguinho pegou a bola e bateu no canto esquerdo e Felipe Alves conseguiu a defesa, mas o rebote ficou com o meia que apenas empurrou para o gol vazio em bonita finalização de sem pulo.

O Bahia teve um novo pênalti marcado por Luiz Flávio de Oliveira aos 33 minutos. Gabriel Novaes serviu Rodriguinho na área e Paulão derrubou o meia com um carrinho. Dessa vez, Rossi pegou a bola e bateu firme no meio do gol para balançar as redes.

LEIA MAIS: Paulo Autuori testa para Covid-19 e desfalca Athletico-PR na reta final do Brasileiro

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="746488" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]