Coritiba perde de virada do Fortaleza e fica perto do rebaixamento

Jorge de Sousa

Coritiba perde de virada do Fortaleza e fica perto do rebaixamento do Campeonato Brasileiro

O Coritiba perdeu de virada para o Fortaleza por 3 a 1 na noite desta quinta-feira (4), em resultado que praticamente decretou o rebaixamento da equipe para a Série B do Campeonato Brasileiro.

Ricardo Oliveira abriu o placar para o Coritiba, mas Nathan Silva (contra), David e Wellington Paulista viraram para o Fortaleza.

O duelo foi realizado no Castelão, em Fortaleza, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

A derrota deixou o Coritiba com 28 pontos, oito pontos abaixo do Bahia – primeira equipe fora da zona de rebaixamento. Já o Fortaleza garantiu a saída do Z-4 até o final da rodada, somando 38 pontos e jogando o Sport para a área do descenso.

O Fortaleza volta a campo na próxima quarta-feira (10), quando recebe o Vasco da Gama no Castelão, às 19h15, enquanto o Coritiba atua apenas no sábado 13), em duelo contra o Santos na Vila Belmiro, às 19h.

CORITIBA SOFRE ‘VIRADA RELÂMPAGO’ EM DERROTA

A primeira chance da partida foi do Fortaleza. Aos quatro minutos, Osvaldo lançou David na área, mas o atacante finalizou em cima de Wilson.

Nova chance do Fortaleza aos 16 minutos. Wellington Paulista recebeu passe por elevação e tentou a finalização de primeira, que passou rente ao travessão.

Wilson voltou a salvar o Coritiba aos 26 minutos. Gabriel Dias foi lançado na direita e ajeitou para Igor Torres finalizou cruzado para o goleiro espalmar.

Só que foi o Coritiba quem abriu o placar aos 26 minutos. Hugo Moura lançou Ricardo Oliveira, que na saída de Felipe Alves bateu para as redes. Após marcação de impedimento em campo, o VAR confirmou que a posição de Ricardo era legal e validou o gol.

David voltou a perder chance incrível aos 34 minutos. O atacante foi lançado na pequena área e mais uma vez chutou em cima de Wilson.

O Fortaleza conseguiu empatar o jogo aos 42 minutos. David avançou pela esquerda e cruzou, Nathan Silva tentou cortar, mas mandou de coxa para o fundo das redes.

No minuto seguinte, o Fortaleza buscou a virada. Luiz Henrique fez belo lançamento para David, que dessa vez, tocou na saída de Wilson para balançar as redes.

Wilson voltou a aparecer aos 14 minutos do segundo tempo. Wellington Paulista arriscou a finalização de meia distância e o goleiro espalmou a bola para escanteio.

A resposta do Coritiba veio aos 21 minutos. Nathan fez jogada pela direita e tentou o cruzamento fechado, obrigando Felipe Alves a ser ágil para mandar a bola pela linha de fundo.

Wellington Paulista conseguiu balançar as redes 38 minutos. Juninho bateu falta na área, Paulão resvalou de cabeça, Tinga finalizou torto, mas o centroavante completou de letra para as redes.

Aos 47 minutos, Igor Torres aproveitou rebote na entrada da área e finalizou em cima de Rhodolfo. Na análise do VAR, foi constatado que a bola explodiu no braço do zagueiro, que recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Wellington Paulista foi para a cobrança e Wilson defendeu no canto direito. Mas novamente o VAR interviu no lance, o goleiro recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Como o Coritiba já havia feito as três pausas para substituição, Sarrafiore teve que ir para o gol. Wellington Paulista foi novamente para a cobrança e o argentino defendeu o pênalti cobrado no centro do gol.

LEIA MAIS: Maurílio Silva é o novo técnico do Paraná Clube

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="743605" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]