Furacão bate a Ponte Preta por 3 a 0 e mira o G4

O Atlético-PR recebeu a Ponte Preta na manhã deste domingo (25) na Arena da Baixada. Com estreia do argentino Lucho Gonz..

Fernando Garcel - 25 de setembro de 2016, 12:56

O Atlético-PR recebeu a Ponte Preta na manhã deste domingo (25) na Arena da Baixada. Com estreia do argentino Lucho González, o Furacão deu um baile em cima do adversário e venceu o duelo direto com gols de Léo e Thiago Heleno.

Com o resultado, o Furacão vai a 42 pontos e avança, temporariamente, para a 5ª colocação na tabela. Já o adversário fica estacionado com o 39 pontos.

Jogo

Com um primeiro tempo disputado, o Atlético-PR tentava avançar mas era parado pelos contra-ataques do adversário.

Com essa estratégia, a Ponte Preta teve uma boa oportunidade de abrir o placar aos 13 minutos. Os visitantes se aproveitaram de um erro na saída do Furacão e partiram para o contra-ataque com quatro jogadores. Azevedo chegou na área e cruzou para Maycon, o atacante tentou duas vezes. Na primeira, Thiago Heleno cortou e depois, Weverton segurou a cabeçada do alvinegro.

O estreante Lucho González quase marcou o seu primeiro com a camisa 3 do Furacão aos 37 minutos da primeira etapa. Após cruzamento pela direita, a bola ficou para o atacante de frente para o goleiro Aranha, mas foi parado pela zaga adversária.

Atlético-PR 1 x 0 Ponte Preta

O Furacão conseguiu abrir o placar logo na sequência, aos 44 minutos da primeira etapa. O árbitro marcou penalidade máxima para o Atlético-PR, o primeiro pênalti marcado a favor do Furacão nesta temporada do Brasileirão.

O zagueiro Thiago Heleno foi para a cobrança, bate forte quase no meio gol e abre o placar na Arena da Baixada.

O Furacão vai para o intervalo segurando a vantagem.

No segundo tempo, o Furacão manteve a pressão sobre a Macaca e quase ampliou aos 11 minutos. O atacante Lucas Fernandes cortou a marcação da Ponte Preta e bateu com força. O goleiro Aranha contou com a sorte e a bola explodiu na trave.

Para piorar a situação da Ponte Preta, a arbitragem assinalou uma agressão do atacante William Pottker em cima de Luan aos 13 minutos e o juiz dá cartão vermelho.

Atlético-PR 2 x 0 Ponte Preta

Com um a mais dentro de campo, o Furacão administrou o resultado e manteve a pressão. O resultado chegou aos 22 minutos, o lateral Léo recebe livre de Luan dentro da área e amplia o placar na Arena da Baixada.

Atlético-PR 3 x 0 Ponte Preta

Thiago Heleno marcou seu segundo gol na partida aos 32 minutos da segunda etapa. Após cruzamento, o zagueiro subiu e cabeceou por cima de Aranha. Na comemoração, Thiago tirou a camisa e recebeu cartão amarelo do árbitro.

Trocando passes e sob gritos de "olé" da torcida rubro-negra, o Atlético-PR passou a administrar o resultado e finalizou a partida à espera do apito final.

Próximas partidas

Na próxima rodada, o Furacão vai enfrentar um adversário direto. O Rubro-negro viaja para enfrentar o Santos no sábado (1º), às 16 horas, na Vila Belmiro. No mesmo dia, a Ponte Preta enfrenta o Atlético-MG no Estádio Moises Lucarelli, a partir das 16h30.