Furacão empata com Toledo e continua sem vencer no Paranaense

O Atlético-PR continua sem vencer no Paranaense. O Rubro-Negro empatou com o Toledo por 0 a 0 em partida adiada da segun..

Redação - 25 de fevereiro de 2017, 23:34

O Atlético-PR continua sem vencer no Paranaense. O Rubro-Negro empatou com o Toledo por 0 a 0 em partida adiada da segunda rodada, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).Com o resultado, o Atlético ocupa a nona colocação com três pontos e o Toledo o quarto lugar com oito pontos. O Furacão volta a campo na quarta-feira, às 20 horas, para enfrentar o Coritiba, em clássico adiado da quinta colocação.

O jogo foi marcado pelo excesso de faltas e pouca criatividade. Foram poucos os lances de emoção. Logo no começo, aos seis minutos, Douglas Coutinho tocou para Luiz Otávio, que chutou para fora.

Aos 30 minutos, a única chance do Toledo. Em chute cruzado da esquerda, a bola passou na frente do goleiro Santos.

Aos 44, João Pedro cobrou escanteio da direita, Wanderson desviou e Luis Henrique mandou de cabeça, mas a bola bateu na trave.

No segundo tempo, o Furacão teve a chance de vencer aos 22 minutos da segunda etapa, quando Luiz Henrique cobrou uma penalidade que ele mesmo havia sofrido, mas o goleiro Leandro defendeu a cavadinha no primeiro lance, na rebatida o atacante isolou a bola para fora.

Ficha técnica

Atlético Paranaense 0x0 Toledo

Campeonato Paranaense – 2ª rodada (jogo adiado)

Data: 25/02/2017

Horário: 20h30

Local: Estádio Atlético Paraense, em Curitiba

Árbitro: Selmo Pedro dos Anjos Neto

Auxiliares: Antônio Marcos Camargo de Andrade e Alessandro Rodrigues Mori

Público pagante: 5.336

Público total: 6.495

Renda: 119.410,00

Atlético Paranaense: Santos; Léo, Wanderson, José Ivaldo e Nicolas; Luiz Otávio e Matheus Rossetto; Douglas Coutinho (Yago), João Pedro (Matheus Anjos) e Crysan; Luis Henrique (Bruno Rodrigues). Técnico: Paulo Autuori

Toledo: Alcacis; Jhonathan, Jean Pablo, Guilherme (Felipe Virgulino) e Fandinho; Eurico, Recife, Marquinhos e Rafael Bastos (Andrezinho); Wéverton e Reinaldo (Billy). Técnico: Rodrigo Cascca

Cartões amarelos: Jhonathan, Fandinho, Alcacis, Andrezinho e Luiz Otávio