Furacão perde para o Figueirense e se afasta mais do G-4

Redação


O Figueirense conseguiu um ótimo resultado ao vencer o Atlético Paranaense por 1 a 0,   na tarde de quarta-feira (7), no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC), pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, e se afastar temporariamente da ZR. Com a vitória o time catarinense chegou aos 27 pontos e subiu para a 14ª colocação, enquanto o rubro-negro paranaense se manteve na nona posição com 33 pontos.

Apesar de ter maior volume de jogo, o Figueirense não conseguiu transformar isso gol. O time catarinense se aproveitou de uma falha do goleiro Santos, que iniciou de forma errada uma jogada e o atacante Lins, aos quatro minutos, arriscou de longe e marcou o primeiro gol do Figueirense.

O Atlético demorou a reagir e somente aos 20 minutos, Marcão, com uma boa cabeçada exigiu uma grande defesa de Gatito Fernández.

Na segunda etapa, Paulo Autuori colocou Marcos Guilherme em campo no lugar de Luan, não apenas para dar mais movimentação ao meio, sem criatividade, mas para poupar o atacante, que levou amarelo em um lance que merecia ser expulso por jogada violenta sobre Ayrton.

Mesmo com a mexida – Cabral entrou na vaga de Lucas Fernándes –  o time continuou sem levar perigo ao Figueirense, com alguma chance clara de gol.

O técnico do Figueirense, Tuca Guimarães, porém, facilitou o trabalho do time paranaense. Ao tirar Rafael Moura e Lins de campo, o Figueira não conseguia mais segurar a bola em seu ataque e atraía o Atlético para seu campo.

Com isso, o Atlético passou a ter maior posse de bola, mas chegava com pouco perigo.

No final da partida, Maurides e Ferrugem ainda tiveram chances para ampliar, mas jogaram para fora os contra-ataques.

FIGUEIRENSE X ATLÉTICO-PR

Figueirense

Gatito Fernández; Ayrton, Werley, Nirley e Marquinhos Pedroso;  Jefferson, Jackson Caucaia (Renato), Ferrugem e Dodô; Lins (Ermel) e Rafael Moura (Maurides). Técnico: Tuca Guimarães

Atlético-PR

Santos; Galhardo, Paulo André, Marcio e Nicolas; Otávio, Hernani, Pablo e Lucas Fernándes (Luciano Cabral); Luan (Marcos Guilherme) e André Lima. Técnico: Paulo Autuori

Árbitro: Pablo dos Santos Alves (PB).
Assistentes: Luis Filipe Gonçalves Correa (PB) e Tomaz Diniz de Araújo (PB)

Estádio: Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)

Gol: Lins, aos quatro minutos do primeiro tempo

Cartões amarelos: Ferrugem, Luan e Paulo André

Renda: Não divulgada

Público: Não divulgado

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="384223" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]