Gestor do Londrina acusa Paraná Clube de calote e Atlético-PR de roubo

Francielly Azevedo

Logo após a derrota do Londrina, por 1 a 0, para o Atlético-PR na noite desta quarta-feira (28), que rendeu ao rubro-negro o título da Taça Caio Júnior, o gestor do Londrina, Sérgio Malucelli, disparou contra clube atleticano e o Paraná Clube. Segundo ele, o rubro-negro teria ganhado a partida com um gol roubado e o Tricolor ainda não teria pago uma dívida do duelo na semifinal da Taça.

“Porque a imprensa não comenta o lance do gol impedido, se fosse do Londrina estariam falando um monte. A imagem não deixa duvidas. Que vergonha…pobre futebol paranaense”, escreveu em sua conta no Instagram.

Em relação ao gol da partida, Malucelli postou vídeos publicados por torcedores para ilustrar a revolta. “As imagens explicam mais que palavras. O bandeira não marcou impedimento, duplo, porque não quis, estava na mesma linha do lance. VERGONHA”, completou.

O gestor também criticou o Paraná Clube, segundo Malucelli o Tricolor teria dado um “calote” na bilheteria do jogo da semifinal da Taça Caio Júnior. Um rouba no jogo o outro, Paraná, dá calote na renda. Este foi o saldo destes 2 jogos na capital, Paraná Clube não pagou nem a parte da renda que cabe ao LONDRINA”, revelou.


A renda líquida final das partidas da semifinal e final do Paranaense é distribuída na proporção de 60% para o ganhador e 40% para o perdedor, conforme o regulamento da Federação Paranaense de Futebol.

 

 

Post anteriorPróximo post
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.