Goiás deve rescindir o contrato de Walter nesta quarta

O atacante Walter está barrado no Goiás. A proibição determinada pela diretoria deve ser apenas a primeira fase de outra..

Redação - 28 de fevereiro de 2017, 23:21

O atacante Walter está barrado no Goiás. A proibição determinada pela diretoria deve ser apenas a primeira fase de outra que deve ser definida nesta quarta-feira (1º). O atacante deverá ter seu contrato rescindido pela diretoria, que não assimilou a agressão de Walter aos goleiro Matheus. Com isso, a situação do craque ficou insustentável.

Em entrevista à Rádio 730AM, de Goiânia, o atacante disse ter trocado ofensas com o goleiro antes da agressão. "Eu estava naquele stress, querendo fazer um dois toques, fazíamos um jogo coletivo, e ele levou um gol, aí eu disse "Matheus, pega essa p...de bola" e em seguida ele passou a me ofender "Vai se f...", "vai tomar no c.." aí eu fui até ele, mas não tinha a vontade de agressão", comentou.

Apesar disso, Matheus chegou a ficar um dia inconsciente no hospital. O atacante foi afastado das atividades e o clube o proibiu de entrar. Walter lamenta. "Estou muito arrependido, o clube sempre me apoiou e a torcida também, estou muito arrependido com o que aconteceu", disse.

Caso seja ratificada a saída de Walter, atualmente com 106 quilos, o Ceará mostrou interesse em contratar o atacante.