Gol contra tira o Londrina do G-4 e deixa Vasco na cola do Dragão

Com informações da CBFO volante Germano, do Londrina, marcou um gol contra e foi decisivo para a derrota do Tubarão por ..

Redação - 08 de outubro de 2016, 21:10

Com informações da CBF

O volante Germano, do Londrina, marcou um gol contra e foi decisivo para a derrota do Tubarão por 1 a 0 para o Vasco, na Arena da Amazônia, em Manaus (AM). O resultado deixou o time carioca na cola do líder Atlético-GO, que goleou o Avaí por 3 a 0, com 54 pontos, um a menos que o time goiano.  Já o Londrina, com 48, perdeu a chance de retornar ao G-4 e caiu para a quinta posição.

O Londrina tomou a iniciativa da partida e buscou pressionar o Vasco nos primeiros minutos. Aos 18, Anderson arriscou de fora da área e obrigou o goleiro Martín Silva a se esticar todo para evitar o gol do Tubarão. Apesar do domínio dos donos da casa, foi o Cruzmaltino que saiu na frente. Aos 27, Nenê levantou bola na área, Germano tentou afastar e acabou marcando contra, 1 a 0.

Em desvantagem, o Londrina voltou dominando as ações, mas pecava nas finalizações. Perigoso nos contra-golpes, o Vasco chegou a assustar em chute de Thalles, aos 24 minutos. Na reta final, Martín Silva mostrou segurança e garantiu a vitória do Vasco.

No final da partida, o técnico Cláudio Tencatti lamentou o gol contra de Germano e o resultado. "Foi uma infelicidade, a cobrança de Nenê é o tipo de jogada que deixa o goleiro e o sistema defensivo indefinidos, e aí tivemos a infelicidade do Germano tocar", disse.

Mesmo assim, Tencatti elogiou o grupo. "Cabe agora a gente pensar no futuro, mas enfrentamos o Vasco e jogamos muito bem", concluiu.