Gol de Deivid salva o Atlético contra o Santa Cruz

Redação


Um gol solitário do volante Deivid tirou o Atlético-PR temporariamente da zona de rebaixamento. Com o gol, o Furacão venceu o Santa Cruz no sábado (4), na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), na abertura da sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado deixou o time paranaense na 11ª posição com sete pontos e o Santa Cruz permaneceu na sétima colocação com oito pontos.

O primeiro tempo mostrava um Atlético mais afobado para marcar seu gol. O time de Paulo Autuori fazia uma boa transição da defesa para o meio de campo, mas a partir daí tanto Walter quanto Nikão, não recebiam bolas em boas condições para marcar.

O Santa Cruz, preocupado com a marcação, pouco arriscava o ataque, mas aos 36 minutos Tiago Costa cruzou uma bola com perigo que Grafite não conseguiu dominar na frente do gol.

Na etapa final, o Atlético passou a explorar mais as laterais e em uma jogada pela esquerda, aos 13 minutos, Vinícius ajeitou para Deivid, que na entrada da grande área tocou no ângulo direito de Tiago Cardoso, sem chance de defesa.

A partir daí o time da casa tentou administrar mais a partida e Grafite colaborou para isso, ao perder um gol na frente de Weverton que poderia empatar.

Autuori ainda colocou Giovanny e Marcos Guilherme em campo para ganhar mais agilidade, porém os dois não estavam em tarde inspirada e o time abriu espaço para uma pressão do tricolor, mas que não conseguiu furar a defesa com eficiência e acabou derrotado.

FICHA TÉCNICA

Árbitro: Wagner Reway (MT)

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Cartões amarelos: Dani Moraes e Uillian

Gol: Deivid, aos 13 minutos do segundo tempo

Renda: 169.690,00

Público: 11.863 pagantes

Atlético-PR: Weverton; Léo, Wanderson, Thiago Heleno e Sidcley; Deivid e Otávio; Nikão (Marcos Guilherme), Vinícius e Ewandro (Giovanny); Walter (André Lima) Técnico: Paulo Autuori

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Léo Moura, Neris, Dani Morais e Tiago Costa; Uillian, João Paulo (Bruno Moraes) e Lelê; Everaldo (Keno), Wallyson (Artur) e Grafite Técnico: Milton Mendes

Previous ArticleNext Article