Gol duvidoso no último lance dá vitória ao Palmeiras. Católica enquadra o Flamengo

O Palmeiras precisou jogar quase 100 minutos para bater o boliviano Jorge Wilstermann, na segunda rodada da Copa Liberta..

Redação - 16 de março de 2017, 00:50

O Palmeiras precisou jogar quase 100 minutos para bater o boliviano Jorge Wilstermann, na segunda rodada da Copa Libertadores. O time assumiu a liderança do grupo, com 4 pontos, mas pode perdê-la para o Tucumán, que nesta quinta-feira enfrenta o Peñarol, em Montevidéu.

O gol palmeirense foi marcado por Mina. O jogador, em posição duvidosa aproveitou um cruzamento de Roger Guedes, e mandou para o gol.

O Palmeiras volta a campo na terceira rodada da Copa Libertadores, às 21h45 (de Brasília) em 12 de abril, contra o Peñarol, novamente no Estádio Palestra Itália. Pelo Campeonato Paulista, às 18h30 deste domingo, o time alviverde encara o Santos, na Vila Belmiro.

Já o Flamengo  perdeu para o Universidad Católica por 1 a 0, em partida válida pela segunda rodada do grupo 4 da Copa Libertadores. Foi a primeira derrota sofrida pelo Rubro-Negro nesta temporada. Santiago Silva, o "El Tanque", fez o gol do time chileno.

Com o resultado, o Universidad Católica assume a liderança do grupo 4, com 4 pontos marcados e o Flamengo fica na terceira posição, com 3. Na próxima rodada, os chilenos recebem o San Lorenzo, enquanto o Rubro-Negro enfrenta o Atlético-PR no Rio de Janeiro.