Goleiro Felipe se torna herói em classificação do Paraná Clube na Série D

Com defesas nos pênaltis cobrados por Gama e Léo Itaperuna, o experiente goleiro teve o nome gritado pela torcida e exaltou a felicidade na classificação.

Vinicius Cordeiro - 31 de julho de 2022, 08:59

(Foto: Igor Barrankievicz/ Comunicação PRC)
(Foto: Igor Barrankievicz/ Comunicação PRC)

O goleiro Felipe foi o herói da classificação do Paraná Clube para as oitavas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. Com o nome gritado pela torcida, ele defendeu dois pênaltis do FC Cascavel e foi fundamental para o Tricolor avançar de fase.

Em entrevista após o jogo, o jogador de 38 anos fez questão de ressaltar a emoção vivida na Vila Capanema.

"Certamente vai estar no meu top 3 [da carreira]. Nem nos meus melhores sonhos eu ia imaginar isso. Ver 13 mil pessoas gritando seu nome é emocionante. Pensei ‘cara, achei que já tinha vivido de tudo na minha vida’. Essa emoção eu não sentia há muito tempo", celebrou ele.

Conhecido nacionalmente pelas passagens com conquistas no Corinthians e no Flamengo, Felipe já vinha virando xodó da torcida pelas atuações consistentes e defesas importantes. Foi assim que o Paraná Clube conseguiu o empate sem gols no jogo de ida contra o FC Cascavel, por exemplo. 

Contudo, ele também relembrou que chegou com desconfiança.

"Eu caí ali e meio que acordei chorando. Quando eu cheguei aqui tinha muita gente de biquinho, gente até de dentro do clube que foi contra minha contratação. Eu só vim para ajudar", completou. 

PROVOCAÇÃO CONTRA A SERPENTE

Felipe ainda provocou o presidente do FC Cascavel, Valdinei Silva, que reclamou do "cai-cai" dos jogadores do Paraná Clube no jogo de ida. O dirigente chegou a protocolar uma reclamação na CBF (Confederação Brasileira de Futebol). 

"Quero saber se ele vai reclamar de cai-cai hoje, o time deles caiu bastante também. Eu cai bem em duas bolas e pude eliminar eles", completou.

PARANÁ CLUBE SEGUE VIVO E NA LUTA PELO ACESSO

O Paraná Clube vai enfrentar o Pouso Alegre nas oitavas de final da Série D. O duelo ainda tem sabor de revanche, já que o time mineiro eliminou o Tricolor na primeira fase da Copa do Brasil deste ano. 

As datas e horários dos duelos ainda serão confirmados pela CBF.

Vale lembrar que apenas os quatro semifinalistas da competição que sobem para a Série C.

Apesar da classificação épica, o Paraná segue em situação delicada. A equipe vai disputar a Segunda Divisão do Campeonato Paranaense em 2023 e precisa do acesso para a Série C para disputar uma das divisões nacionais no próximo ano. Isso porque os clubes se classificam para a D por meio dos Estaduais.

Para completar, a eliminação antes da semifinal pode causar uma inatividade de cerca de seis meses do clube.