Goleiro Santos pega pênalti contra o Atlético-MG no jogo 200 pelo Athletico

Redação

Athletico-PR e Grêmio jogam por vaga na Libertadores; veja escalações e onde assistir

O goleiro Santos, aos 30 anos, completou 200 partidas com a camisa do Athletico neste sábado (12), quando o clube perdeu para o Atlético Mineiro pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A penalidade foi assinalada aos 29 minutos, após o lateral Abner bloquear o cruzamento de Savarino dentro da grande área. Keno bateu firme no canto esquerdo do goleiro, mas Santos mostrou ótima impulsão e espalmou bem, sem dar chances para os mineiros no rebote. Apesar da defesa, o Galo abriu o placar no fim do primeiro tempo com o atacante chileno Eduardo Vargas.

SANTOS ACUMULA TÍTULOS E É XODÓ DA TORCIDA

goleiro santos athletico jogos
Santos repõe a bola no jogo do Athletico contra o Atlético Mineiro. (Geraldo Bubniak/AGB)

O jogador está no Furacão há 12 anos. Paraibano, ele chegou ainda nas categorias de base e demorou dois anos para chegar ao time profissional. A estreia dele aconteceu em 2011, contra o Flamengo pela Copa Sul-Americana.

No entanto, ele demorou oito anos para conquistar o status de titular. Ele esteve na sombra de Weverton, mas virou peça fundamental em 2018. O ano rubro-negro ficou marcado pelo título inédito da Sula sob comando do técnico Tiago Nunes.

Naquela temporada, ele ainda foi eleito o melhor goleiro do Brasileirão pelo Footsats. Desde então, tornou-se um dos xodós da torcida rubro-negra mesmo sendo conhecido pelo jeito mais calmo e tranquilo.

Santos já conquistou seis títulos pelo Athletico: Campeonato Paranaense (2016, 2018 e 2020), Sul-Americana (2018), Levain Cup (2019) e Copa do Brasil (2019). Além disso, ele ainda acumula três convocações para a seleção brasileira do técnico Tite. Na primeira vez, ele foi elogiado por Neymar durante um treinamento.

SANTOS COMPLETA 200 JOGOS COM A CAMISA DO ATHLETICO

Em uma ação do Athletico, Santos recebeu uma placa e uma camisa, com o número 200. No site oficial do clube, o goleiro listou oito jogos inesquecíveis em sua carreira.

As duas finais da Sul-Americana e da Copa do Brasil, contra Junior Barranquilla e Internacional, estão na lista. Outra partida lembrada por Santos é a vitória por 3 a 0 sobre o Boca Juniors na Libertadores 2019.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="734083" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]