Goleiro Santos, do Athletico, é elogiado por técnico da seleção olímpica: “Nível muito alto”

Vinicius Cordeiro

goleiro santos athletico convocação seleção olímpica

O técnico André Jardine rasgou elogios ao goleiro Santos, do Athletico. O camisa 1 do Furacão está na lista da convocação da seleção brasileira para as Olimpíadas de Tóquio e deve ser o titular da equipe. Na visão do treinador, o jogador de 31 anos sofre com a forte disputa com Alisson, Ederson e Weverton, mas tem nível para ser lembrado por Tite.

“É um goleiro de seleção principal. A concorrência é de nível altíssimo, impressionante. O Santos já foi convocado algumas vezes pelo Tite, tem nível muito alto, identificação com a seleção. Tem uma maneira de jogar que a gente gosta, é um goleiro que domina todos os fundamentos e ajuda muito a equipe na fase de construção”, explicou o comandante da seleção olímpica.

A ideia de André Jardine era contar com Weverton, do Palmeiras, pela experiência. No entanto, o goleiro que conquistou a medalha de ouro nas Olimpíadas do Rio, em 2016, está com a seleção brasileira na Copa América. Diante desse cenário, o clube paulista não topou ficar sem o atleta por mais um mês.

“Isso pesa bastante e Santos vai dar o toque de experiência que, desde o primeiro momento, demostramos que gostaríamos de ter”, completou Jardine.

Com da convocação de Santos, o Athletico terá desfalque na meta a partir do dia 8 de julho, data marcada para apresentação dos jogadores dos clubes brasileiros.

Já que o Brasil encara Alemanha, Arábia Saudita e Costa do Marfim no Grupo D dos Jogos de Tóquio, Santos é ausência certa do Furacão nas oitavas de final da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana. Quem ganha oportunidade é o jovem Bento, que vira titular em pelo menos oito jogos do Athletico.

SANTOS INTEGRA LISTA DE CONVOCAÇÃO DA SELEÇÃO OLÍMPICA

Veja os 18 atletas que vão defender o Brasil:

Goleiros – Santos (Athletico) e Brenno (Grêmio).

Laterais – Daniel Alves (São Paulo), Gabriel Menino (Palmeiras) e Guilherme Arana (Atlético-MG);

Zagueiros – Gabriel Magalhães (Arsenal-ING), Nino (Fluminense) e Diego Carlos (Sevilla);

Meio campistas – Bruno Guimarães (Lyon), Claudinho (Bragantino), Gerson (Flamengo), Douglas Luiz (Aston Villa) e Matheus Henrique (Grêmio);

Atacantes – Anthony (Ajax), Matheus Cunha (Hertha Berlim), Malcom (Zenit), Paulinho (Bayer Leverkusen) e Pedro (Flamengo).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="770559" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]