Corinthians e Grêmio empatam em jogo com polêmica da arbitragem

Jorge de Sousa

Grêmio - Corinthians - Campeonato Brasileiro

Corinthians e Grêmio ficaram zerados em empate na noite deste sábado (15), em um jogo marcado pela reclamação dos corintianos com a arbitragem de Bruno Arleu Ribeiro.

Aos 17 minutos, Kannemann acertou Jô por baixo em uma dividida na área, mas Arleu mandou o jogo seguir. A equipe do VAR não chamou o árbitro para rever o replay do lance.

O duelo foi realizado na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

Enquanto o Corinthians somou seu primeiro ponto em dois jogos no Campeonato Brasileiro, o Grêmio segue invicto com cinco pontos conquistados em três partidas na competição.

As duas equipes entram em campo nesta quarta-feira (19) pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

O Grêmio viaja para enfrentar o Flamengo no Maracanã, às 19h15, enquanto o Corinthians recebe o Coritiba em São Paulo, às 21h30.

CORINTHIANS SE SEGURA E RECLAMA DA ARBITRAGEM

Corinthians e Grêmio empatam em jogo com polêmica da arbitragem
Diego Souza teve a chance da vitória, mas bateu penalidade para fora no segundo tempo. (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Como esperado antes do jogo, o Grêmio tomou a iniciativa para atacar e teve maior posse de bola na primeira etapa, enquanto o Corinthians apostou nos lançamentos para Jô.

Logo aos sete minutos, o Grêmio criou sua primeira jogada. Pedro Geromel avançou pela direita e cruzou na medida para Pepê cabecear por cima da meta.

O Corinthians reclamou de um pênalti não marcado aos 17 minutos. Após cruzamento de Sidcley, Jô e Kannemann dividiram na pequena área e o atacante caiu no gramado. A arbitragem não marcou a penalidade e o VAR não chamou a atenção do árbitro.

Pepê apareceu bem novamente aos 23 minutos. Alisson cruzou da direita e o atacante escorou firme para o canto esquerdo, mas Cássio voou e espalmou para a linha de fundo.

Nova chance criada pelo Grêmio aos 26 minutos. Pepê cruzou rasteiro da esquerda e Pedro Geromel chegou fechando no segundo poste, mas a finalização de carrinho foi para fora.

Tiago Nunes teve que fazer uma alteração logo aos 35 minutos, após Mateus Vital sentir uma lesão no tornozelo. O chileno Araos foi o escolhido para entrar em campo.

Cássio quase sofreu um frango aos 45 minutos. Alisson conseguiu recuperar bola na área e tentou o chute rasteiro, mas a bola foi no meio do gol e passou pelas pernas do goleiro, que foi ágil para evitar o gol.

A primeira chance do segundo tempo foi criada pelo Corinthians. Aos sete minutos, Sidcley avançou pela esquerda e cruzou na medida para Jô. O centroavante escorou firme, mas mandou por cima da meta.

A resposta do Grêmio veio aos nove minutos. Alisson foi lançado na área e driblou Cássio, mas a finalização por cobertura foi tirada em cima da linha por Gil. Pepê tentou pegar a sobra, mas foi travado e a bola voltou para o meia finalizar e o goleiro se recuperar e espalmar.

Jean Pyerre teve grande chance aos 15 minutos. Após fintar dois jogadores, o meia saiu cara a cara com Cássio, mas finalizou fraco e o goleiro fez fácil defesa.

Aos 21 minutos, nova chance criada por Jean Pyerre. O meia novamente foi para cima da defesa e tentou o chute no contrapé de Cássio. Só que a bola desviou e passou raspando o poste direito.

O duelo Jean Pyerre e Cássio continuou aos 25 minutos. Após limpar jogada na entrada da área, o meia arriscou e a bola explodiu no travessão.

O Grêmio teve um pênalti a favor aos 27 minutos. Diego Souza invadiu a área e Michel derrubou o atacante com um carrinho. Após consulta ao VAR, a penalidade foi confirmada pela arbitragem.

Diego Souza pediu a bola e foi para a cobrança, mas bateu à direita da meta. Cássio acertou o canto e ficou perto de defender o chute.

O Corinthians respondeu aos 33 minutos. Michel cortou para o meio e finalizou firme, mas a bola explodiu em Pedro Geromel e foi para fora.

Alisson ainda teve uma última chance aos 44 minutos. O meia invadiu a área pela esquerda e finalizou firme, mas Cássio espalmou para escanteio.

LEIA MAIS: Lyon vence Manchester City e chega na semifinal de Champions League

Previous ArticleNext Article