Grêmio demite Vagner Mancini após empate com Juventude

Vagner Mancini não é mais treinador do Grêmio. Nesta segunda-feira (14), o clube gaúcho demitiu o técnico após quatro partidas na temporada

Jeremias Wernek - Folhapress - 14 de fevereiro de 2022, 15:42

(Lucas Uebel/Grêmio)
(Lucas Uebel/Grêmio)

Vagner Mancini não é mais treinador do Grêmio. Nesta segunda-feira (14), o clube gaúcho demitiu o técnico após quatro partidas na temporada.

A saída ocorre após empate com o Juventude em 1 a 1, no domingo (13), e por conta da reação ao desempenho do time no início do ano.

Mancini deixa o Grêmio após 18 jogos. Em 2022, foram quatro partidas, com três vitórias e um empate. O time é líder do Campeonato Gaúcho, mas na avaliação da diretoria o ambiente de pressão externa tornou insustentável a permanência do treinador.

"Cheguei a conclusão, com o presidente, que o momento é de mudança. E vamos mudar já. O ambiente externo fez com que nós tomássemos essa decisão", disse Denis Abrahão, vice de futebol do Grêmio, à Rádio Gaúcha.

Vagner Mancini foi contratado pelo Grêmio em outubro, após saída de Luiz Felipe Scolari. O treinador deixou o América-MG para lutar contra o rebaixamento e foi mantido no cargo após a queda para a Série B.

Ao longo da reta final do Brasileiro do ano passado, o Grêmio não saiu do Z-4, mas, ainda assim, lutou contra o rebaixamento até a última rodada. E no jogo final, o time venceu e caiu por conta dos resultados paralelos.

Em 2022, o Grêmio jogou quatro partidas sob comando de Vagner Mancini. Venceu São José-RS, Guarany de Bagé e Aimoré, além do empate recente com o Juventude.