Grêmio falha no fim e cede empate ao Defensor em estreia na Libertadores

Roger Pereira


PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) – O Grêmio empatou com o Defensor (URU) por 1 a 1, nesta terça-feira, em Montevidéu, em sua estreia na Taça Libertadores da América. O time gaúcho demorou para romper a defesa rival e marcou só aos 35min do segundo tempo, com Maicon. Mas, em uma falha da defesa tricolor, Maulella igualou para os uruguaios.
As defesas dos dois times, que foram perfeitas por quase todo jogo, falharam uma após a outra. Primeiro a do Defensor, que deixou uma jogada confusa acabar em gol de Maicon. E depois a do Grêmio, no gol em cobrança de escanteio em que Maulella nem sequer precisou pular para cabecear, pois estava sozinho.
Com um ponto para cada lado, uruguaios e brasileiros dividem o segundo lugar do grupo 1 da competição continental. No outro jogo da chave, o Cerro Porteño, do Paraguai, bateu o Monagas, da Venezuela, por 2 a 0.
Pela Libertadores, a próxima partida do Grêmio será em casa, contra o Monagas, no dia 4 de abril. Já o Defensor encara o Cerro Porteño, em Assunção, no dia 13.
O destaque do Grêmio na partida foi Everton. Ele se tornou a principal arma ofensiva da equipe, participou da jogada do gol e abriu a defesa rival com dribles. O lateral direito Madson não teve o mesmo sucesso. As poucas jogadas tramadas pelo Defensor foram às costas dele, utilizando os avanços do meia-atacante Cougo.
O primeiro tempo foi marcado pela vitória das defesas sobre os ataques. Seja pelo chão, pelo alto ou mesmo em jogadas individuais, os setores de retaguarda de Defensor e Grêmio bateram os setores ofensivos. Não houve qualquer lance de gol claro para lado algum e a partida teve clima morno.
No segundo tempo, o Grêmio não conseguia criar praticamente nada. Até que Renato Gaúcho resolveu atacar. Primeiro tirou Madson e colocou Alisson, recuando Ramiro para a lateral. Depois sacou Jaílson, colocou Cícero como volante e levou Jael ao ataque. O poder de fogo aumentou e com isso as oportunidades também. Tanto bateu que o Grêmio acabou marcando, com Maicon, em jogada que começou com ele, passou por Jael, Everton e acabou nas redes aos 35min.
O Grêmio ainda comemorava seu gol. Talvez por isso a defesa não tinha jogador algum sequer próximo a Maulella num escanteio cobrado pelo Defensor. O jogador uruguaio nem sequer precisou pular para colocar nas redes de cabeça e empatar o jogo aos 39min. A defesa, que até então era perfeita, falhou uma vez, ocasionando a perda de dois pontos.

Previous ArticleNext Article
Repórter do Paraná Portal
[post_explorer post_id="483728" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]