Grêmio vence Botafogo e é o único brasileiro na Libertadores

Roger Pereira


O Brasil colocou sete times na Libertadores da América deste ano. Os sete chegaram na fase de grupos, seis passaram para o mata-mata, mas apenas um chega à semifinal. O Grêmio, que venceu o Botafogo na noite desta quarta-feira, em Porto Alegre é o único brasileiro que segue na principal competição do continente.

A vaga veio em uma partida muito disputada no confronto brasileiro das quartas de final. Depois de um 0 a 0 no Rio de Janeiro, o time gaúcho entrou em campo precisando de uma vitória simples, ao mesmo tempo em que tinha cautela porque sabia que um gol do adversário complicaria a classificação.

Já o Botafogo, sabendo da importância de marcar este gol fora de casa, não se limitou a defender e ameaçou bastante o gol de Marcelo Grohe, principalmente no primeiro tempo. Mas, com uma bola na trave de cada lado, o primeiro tempo terminou em 0 a 0, indicando uma disputa por pênaltis para decidir a vaga.

Mas, aos 17 minutos do segundo tempo, o Grêmio chegou ao gol da vitória, depois que Edílson cobrou falta no segundo pau e Barrios aproveitou o vacilo da defesa para marcar, de cabeça. Mesmo sabendo que um gol lhe dava a classificação, o Botafogo se abalou e não conseguiu mais chegar com perigo ao gol do Grêmio, que ainda teve chance de aumentar.

Carrasco de brasileiros

Na semifinal, o Grêmio enfrentará o Barcelo-ECU, que já está se revelando um carrasco de brasileiros nesta Libertadores. Depois de eliminar o Palmeiras, nas oitavas, o time equatoriano tirou o Santos da competição. Até então invicto na Libertadores, o Santos defendia uma ótima vantagem conquistada na partida de ida, quando empatou em 1 a 1. Um simples 0 a 0 garantia ao time de Levir Culpi a vaga para a semifinal. Mas o fato de jogar pelo regulamento acabou prejudicando o time paulista. Preocupado em segurar o empate sem gols, o Peixe não aproveitou o fator casa e pouco atacou o adversário, que jogava por uma bola e a encontrou. Aos 22 minutos do segundo tempo, Castillo fez jogada pela esquerda e cruzou na cabeça de Jonatan Álvez, que fez o gol da vitória equatoriana.

 

Previous ArticleNext Article
Repórter do Paraná Portal
[post_explorer post_id="455834" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]