Grêmio vence Ypiranga e confirma pentacampeonato gaúcho

O Grêmio venceu o Ypiranga por 2 a 1 na tarde deste sábado (2) e conquistou o pentacampeonato gaúcho pela quarta vez na história.

Jorge de Sousa - 02 de abril de 2022, 18:31

Raul Pereira /Fotoarena/Folhapress
Raul Pereira /Fotoarena/Folhapress

O Grêmio venceu o Ypiranga por 2 a 1 na tarde deste sábado (2) e conquistou o pentacampeonato gaúcho pela quarta vez na história.

Bruno Alves e Rodrigues marcaram os gols da vitória do Grêmio em Porto Alegre. Erick descontou o placar para o Ypiranga.

O Grêmio busca agora o segundo hexacampeonato gaúcho da história do clube, sendo que o último foi conquistado entre os anos 1985 e 1990.

O título também é especial para o técnico Roger Machado. Formado na base do Grêmio, Roger conquistou quatro títulos como atleta na equipe, mas como treinador ainda não tinha vencido um troféu com o time tricolor.

GRÊMIO SEGURA YPIRANGA PELO PENTACAMPEONATO

O Grêmio quase abriu o placar aos sete minutos de jogo. Campaz arriscou da entrada da área, a bola desviou na marcação e Edson se esticou para mandar a bola para escanteio.

Edson voltou a salvar o Ypiranga aos 13 minutos. Bitello desarmou Lorran no meio de campo e lançou Elias, mas o goleiro foi mais ágil e roubou a bola do centroavante.

O Ypiranga respondeu aos 21 minutos. Matheus Santos cobrou falta lateral na área, Robson desviou de cabeça e Hugo Almeida completou para a meta, mas Brenno evitou o gol e Lucas Silva afastou a bola.

Só que aos 45 minutos, o Grêmio conseguiu abrir o placar. Bitello cobrou falta da entrada da área direto no travessão, Rodrigues jogou a bola para a pequena área e Bruno Alves testou para as redes.

Diego Porfírio quase empatou o jogo no primeiro minuto do segundo tempo. O lateral fintou dois marcadores pela esquerda e finalizou na rede pelo lado de fora.

Aos 29 minutos, o Grêmio buscou o segundo gol. Campaz bateu falta lateral na área, Villasanti finalizou para boa defesa de Edson e Rodrigues empurrou para as redes.

A arbitragem em campo assinalou impedimento de Rodrigues, mas o VAR confirmou que a posição do zagueiro era legal e reverteu a marcação.

O Ypiranga ainda descontou o marcador aos 34 minutos. Gedeílson cruzou da direita e Erick completou de carrinho na área.

Edson evitou o terceiro gol do Grêmio aos 38 minutos. O goleiro errou na saída de bola, mas se recuperou ao mandar pela linha de fundo a finalização de cobertura de Ferreira.

Brenno ainda evitou o empate do Ypiranga aos 46 minutos. Jefferson finalizou cruzado e o goleiro espalmou no canto direito.

GRÊMIO 2 X 1 YPIRANGA

Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (CBF-RS)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (CBF-RS) e Tiago Augusto Kappes Diel (CBF-RS)

GRÊMIO

Brenno; Rodrigues, Pedro Geromel, Bruno Alves e Diogo Barbosa; Villasanti, Lucas Silva (Thiago Santos), Bitello (Martín Benítez), Campaz (Churín) e Ferreira (Gabriel Silva); Elias. - Técnico: Roger Machado

YPIRANGA

Edson; Gedeílson, Carlos Alexandre, Bruno Bispo e Diego Porfírio; Lorran (Robson) (Gabriel Rossetto), Lucas Falcão, Marcelinho (Cesinha), Matheus Santos (Jefferson) e Erick; Hugo Almeida (Rodrigo Carioca) - Técnico: Luizinho Vieira

Gol: Bruno Alves (45 minutos/1ºT), Rodrigues (29 minutos/2ºT) e Erick (34 minutos/2ºT)

Cartões amarelos: Ferreira (GRE); Diego Porfírio, Lucas Falcão e Rodrigo Carioca (YPI)

LEIA MAIS: Real Madrid vence Celta e mantém vantagem na ponta de La Liga