Guto Ferreira troca o Bahia pelo Internacional

Redação


O técnico Guto Ferreira aceitou o convite do Internacional, deixou o Bahia e será apresentado como seu mais novo treinador nesta quinta-feira (1º). Guto substitui Antônio Carlos Zago, demitido depois de um início ruim na Série B do Brasileirão.  Junto com Guto trabalharão os auxiliares André Luís e Alexandre Faganello, e o preparador físico Juninho, todos com contratos até dezembro de 2017 e a  possibilidade de renovação por mais um ano.

Segundo a imprensa baiana, a multa pela quebra contratual chegou a ser de R$ 1 milhão no início do contrato, mas o valor tem queda gradual ao longo dos meses e atualmente está na casa dos R$ 600 mil.

Augusto Sérgio Ferreira, 51 anos, começou a carreira no XV de Piracicaba, seguiu para o São Paulo e em 1997 chegou para trabalhar nas categorias de base do Internacional. Além de participar da formação de diversos jogadores, comandou o time júnior na conquista da Copa São Paulo de 1998 e assumiu o time principal em 2002, sendo campeão gaúcho no mesmo ano.

No ano seguinte, deixou o Inter e foi trabalhar no interior de São Paulo, no Noroeste e em dois clubes de Portugal até voltar para o Inter em 2005, quando passou a ser coordenador das categorias de base. A partir de 2008 passou a integrar a comissão técnica do grupo principal, tendo desempenhado as funções de auxiliar técnico e observador com os técnicos Tite, Mário Sérgio e Celso Roth. Na conquista da Copa Libertadores de 2010, Guto era o responsável pela observação dos times adversários.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="434388" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]