Hamilton diz ver Verstappen um passo à frente dos outros pilotos da F1

Francielly Azevedo


JULIANNE CERASOLI
BARCELONA, ESPANHA (UOL/FOLHAPRESS)

Não é de hoje que Lewis Hamilton demonstra estar de olho no desenvolvimento de Max Verstappen. Volta e meia o tetracampeão da Mercedes aponta o holandês como um dos melhores pilotos no grid, mas com uma vantagem: a idade.

Verstappen se prepara para sua segunda temporada completa como piloto titular da Red Bull já tendo vencido três corridas e já tendo chegado ao pódio em outras oito oportunidades, em uma ascensão meteórica para um piloto de apenas 20 anos. Tanto, que para Hamilton a questão não é se Max será campeão, mas sim quando.

“Ele definitivamente tem potencial para ser campeão”, disse o inglês, ouvido pela reportagem nos testes de pré-temporada que estão sendo realizados no Circuito da Catalunha, na Espanha. “Todos já percebemos isso e é por isso que ele tem uma torcida tão grande. Ele tem um grande potencial como piloto e acredito que esteja na equipe certa para continuar crescendo.”

Hamilton também foi um piloto que despontou rápido na Fórmula 1, estreando pela McLaren aos 22 anos e lutando pelo título já na primeira temporada. Na segunda, conquistou seu primeiro campeonato.

Já Verstappen entrou na categoria, aos 17 anos, em 2015, pela Toro Rosso, equipe júnior da Red Bull. Mas impressionou tanto que subiu para o time principal na quinta etapa da temporada seguinte e, aos 18, venceu pela primeira vez -e logo na estreia por um time grande, no GP da Espanha de 2016.

Tendo conquistado mais duas vitórias -na Malásia e no México- no ano passado e com o contrato renovado com a Red Bull por mais três temporadas, Verstappen vive a expectativa de dar mais um passo e lutar pela primeira vez por um título. Mas Hamilton, hoje com 33 anos, avisa: se tudo ocorrer como o inglês planeja, Verstappen só seria campeão quando ele se aposentar.

“Ele já teve algumas boas temporadas -mais do que eu tinha quando cheguei aos 21 anos. Isso faz com que ele já esteja bem à frente de mim e de outros pilotos. Mas enquanto eu estiver aqui, vou fazer tudo o que eu posso para impedir que ele vença! Estamos aqui para fazer isso e espero ainda ter muitas batalhas com ele, tomara que já neste ano.”

Os testes da pré-temporada da Fórmula 1 continuam nesta semana nos arredores de Barcelona, na Espanha. A temporada começa com o GP da Austrália, dia 25 de março.

Previous ArticleNext Article
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.
[post_explorer post_id="504206" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]