Hope Solo é suspensa após chamar suecas de ‘covardes’

Mariana Ohde


Do UOL

A Confederação de Futebol dos Estados Unidos (U.S. Soccer) anunciou nesta quarta-feira (24) que a goleira Hope Solo foi suspensa por seis meses por “conduta contrária aos princípios da organização”. Após a eliminação na Rio-2016 para a Suécia, a jogadora afirmou que o time havia perdido para “um bando de covardes” e que o melhor time não havia vencido.

“Os comentários de Hope Solo depois da partida contra a Suécia durante os Jogos Olímpicos foram inaceitáveis e não condizem com a conduta esperada das jogadoras da seleção”, afirmou Sunil Gulati, presidente da U.S. Soccer, ao site oficial.

“Além do campo e dos resultados, os Jogos Olímpicos celebram e representam os ideais de jogo limpo e respeito. Esperamos que todos os nossos representantes honrem esses princípios, sem exceções”.

A goleira falou sobre a decisão pouco depois. Solo, em entrevista à Sports Illustrated, disse que não esperava pela atitude depois de defender a seleção por tantos anos.

“Eu dediquei minha vida à seleção feminina dos Estados Unidos por 17 anos e fiz meu trabalho como uma atleta que só conhece um caminho: com paixão, comprometimento e força. Para ser a melhor goleira do mundo, não só do meu país, para elevar o esporte da próxima geração de atletas femininas. Por tudo que fiz, eu estou triste pela decisão da federação em finalizar meu contrato”, disse.

Essa é a segunda vez em que Hope Solo é suspensa pela U.S. Soccer. Em 2015, a entidade já havia punido a goleira por 30 dias por “mau comportamento”. Na época, porém, não havia ocorrido uma explicação sobre o ato que havia levado à punição.

“Eu pensei que nós jogássemos um jogo corajoso. Tivemos muitas oportunidades para fazer mais gols. Acho que nosso time mostrou que tem coração. Estou muito orgulhosa da minha equipe, mas também acho que jogamos contra um bando de covardes. O melhor time não ganhou hoje”, afirmou Hope Solo depois da partida contra a Suécia. A equipe europeia venceu nas penalidades, nas quartas de final da Rio-2016.

Com a suspensão, Hope Solo fica inelegível para defender a seleção dos Estados Unidos até fevereiro de 2017.

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="381335" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]