Hulk é apresentado, cita ídolos do Atlético-MG e fala em títulos pelo clube

Guilherme Piu - Folhapress


O jogador Hulk foi apresentado pelo Atlético-MG e falou pela primeira vez no CT do clube, na manhã desta sexta-feira (5). Ele citou os ídolos que vestiram o uniforme preto e branco e falou sobre seus desejos e planos, depois de uma passagem de 16 anos pelo futebol internacional.

“Antes de vestir essa camisa, esse manto, quero lembrar dois grandes ídolos, Reinaldo e Éder [Aleixo]. Pegar como exemplo para fazer um grande trabalho e, no futuro, ser ídolo também, conquistando títulos”, disse.

Hulk ainda citou outro craque mundial, esse dos “tempos modernos”, que vestiu a camisa do Atlético-MG, despertou paixões nos atleticanos e, também, ajudou o clube a grandes conquistas.

“Venho com intenção de construir minha história aqui. O Ronaldinho é um fenômeno. Tive a chance de jogar com ele na seleção. Ele honrou a camisa, foi campeão da Libertadores”, disse.

Será a grande oportunidade de Hulk em um dos principais clubes do Brasil. Quando jovem, ainda com 18 anos, o atacante jogou poucas partidas pelo Vitória, de onde saiu para sua jornada internacional pelo Japão, Portugal, Rússia e China, países onde atuou.

“Fiz dois jogos como profissional. Sai muito jovem daqui [do Brasil]. E, agora, chegar como atleta de sucesso, humildemente falando. Chego com experiência e desejo de menino para buscar todos os títulos”, garantiu.

Com passagens pela seleção brasileira, Hulk enfrentou Sampaoli quando defendeu o Brasil em competições sul-americanas e até na Copa do Mundo. A estrela do futebol revelou que teve conversas com o treinador antes de acertar sua vinda para o Atlético.

“Conversei com o Sampaoli. Um treinador experiente. Já joguei algumas vezes contra ele. Sempre que enfrentava o Chile, era uma dificuldade”, contou.

Forte, competitivo e com fama também de artilheiro, Hulk deseja, agora no Atlético-MG, repetir sua carreira de sucesso conquistando grandes títulos. Como revelou a advogada e empresária do atleta em entrevista ao UOL Esporte, o atacante tem o sonho de menino de jogar e vencer o Campeonato Brasileiro e a Copa Libertadores.

“Onde cheguei, consegui manter número alto de gols e assistências. Trabalharei bastante, irei me cuidar para estar no melhor nível aqui no Galo. Ser artilheiro ou não… Prefiro ser campeão e ganhar, principalmente, o Brasileiro”, explicou.

A carreira profissional de Hulk no futebol começou no Vitória, depois o jogador atuou no Kawasaki Frontale, Consadole Sapporo e Tokyo Verdy, todos do Japão. Depois da saga nipônica assinou com o Porto, e foi em Portugal que o jogador estourou de vez no mundo do futebol. Foi para a Rússia defender o Zenit antes de assinar com o Shangai SIPG, da China, e agora desembarca no Brasil para vestir a camiseta do Atlético.

A última partida de Hulk foi em novembro do ano passado. Para manter a forma o jogador trabalhava na Paraíba com um personal trainer de sua confiança.

Previous ArticleNext Article