Inter marca nos acréscimos e supera o Vitória em Salvador

Em uma partida eletrizante, o Internacional bateu o Vitória por 3 a 2 na noite desta quarta-feira, no Barradão, e alcanç..

Roger Pereira - 30 de maio de 2018, 22:04

Divulgação Internacional
Divulgação Internacional

Em uma partida eletrizante, o Internacional bateu o Vitória por 3 a 2 na noite desta quarta-feira, no Barradão, e alcançou a terceira vitória seguida no Brasileirão. O resultado deixa o Colorado na vice-liderança, com 14 pontos conquistados em oito rodadas.

O Inter chegou a abrir 2 a 0 no primeiro tempo, com gols de Patrick e Aderllan (contra), e Rossi ainda desperdiçou uma cobrança de pênalti. Os baianos descontaram antes do intervalo e buscaram o empate na etapa final. Aos 48min do segundo tempo, Nico López rompeu a defesa adversária para marcar o gol da primeira vitória fora de casa no campeonato.

O duelo na capital baiana começou com os donos da casa levando perigo ao ataque. Aos 6min, Neilton invadiu a área e disparou um chute frontal que foi defendido por Danilo Fernandes. O Inter apostava nas jogadas aéreas, mas a zaga do Vitória dificultava ao máximo as conclusões a gol. Aos 18min, Rossi fez o cruzamento para a área, Víctor Cuesta matou a bola no peito e, quando preparava o chute, o goleiro Elias saiu bem e abafou a finalização do zagueiro argentino.

O Colorado insistiu na bola pelo alto e abriu o placar no Barradão. Aos 25min, Zeca alçou com qualidade e Patrick, de voleio, marcou um golaço! A bola entrou no cantinho esquerdo neste que foi o quinto gol do meia-atacante, um dos artilheiros da temporada.

O Vitória foi para cima em busca do empate. Aos 28min, Neilton chutou, Danilo Fernandes fez a defesa parcial e, no rebote, Lucas Fernandes se chocou com o goleiro colorado. O lance prosseguiu e a bola ía se encaminhado para o gol, mas Uendel apareceu na última hora para afastar praticamente em cima da linha.

Porém, o Inter estava atento e ampliou em um contra-golpe. Aos 38min, Lucca avançou pela ponta-direita e fez o cruzamento rasteiro para a área: na tentativa de fazer o corte, Aderllan empurrou a bola para o fundo da rede. Gol contra.

Aos 42min, Rossi foi derrubado por Kanu na área. Pênalti que o próprio atacante cobrou para fora, por cima do gol.

Já nos acréscimos do primeiro tempo, Wallyson bateu falta, a bola desviou no pé de Zeca no meio do caminho e traiu o goleiro Danilo Fernandes. 2 a 1.

No segundo tempo, o Vitória se lançou ao ataque. Aos 9min, Lucas Fernandes cabeceou de cima para baixo buscando o canto esquerdo, mas Danilo fez a defesa com segurança. Aos 13min, Zé Welison chutou da entrada da área, a bola desviou em Rodrigo Dourado e raspou o travessão antes de sair pela linha de fundo. Após a cobrança de escanteio, Aderllan cabeceou para empatar o jogo.

A pressão adversária seguiu. Aos 20min, Wallyson disparou chute cruzado e Danilo Fernandes fez grande defesa. O Inter se fechou como pôde e buscou ameaçar nos contra-ataques. Aos 48min, em um contra-golpe fulminante, o Inter marcou o gol da vitória. Nico López, que havia entrado no lugar de Rossi, recebeu lançamento de Víctor Cuesta, avançou em velocidade, e chutou na saída do goleiro para fazer 3 a 2.