Internacional, Santos e São Paulo: os brasileiros na próxima Sul-Americana

A última rodada do Campeonato Brasileiro definiu os seis brasileiros classificados para a próxima edição da Sul-American..

Pedro Melo - 10 de dezembro de 2021, 09:17

(Rubens Chiri/São Paulo)
(Rubens Chiri/São Paulo)

A última rodada do Campeonato Brasileiro definiu os seis brasileiros classificados para a próxima edição da Sul-Americana. Os representantes do Brasil são: Atlético-GO, Santos, Ceará, Internacional, São Paulo (SPFC) e Cuiabá.

Inicialmente, os brasileiros na Sul-Americana seriam os times entre os 7º e 12º lugares no Campeonato Brasileiro. Porém, com as conquistas do Palmeiras da Libertadores, do Atlético-MG na Série A e do Athletico na Sul-Americana, as vagas ficaram com que as equipes terminaram do 9º ao 15º lugares, com exceção do Rubro-Negro paranaense.

Dos seis representantes na Sul-Americana, dois deles já ganharam a competição: Internacional, em 2008, e São Paulo, em 2012. A final do SPFC, inclusive ficou conhecida após o Tigre, da Argentina, abandonar a partida no Morumbi ainda no intervalo.

O Santos, três vezes campeão da Libertadores, ainda busca o título inédito no segundo principal torneio continental. Atlético-GO e Ceará participaram da competição em 2021, mas caíram ainda na fase de grupos. Já o Cuiabá disputa apenas o segundo evento internacional de sua história.

O atual campeão da Sul-Americana é um time brasileiro: o Athletico venceu o Red Bull Bragantino por 1 a 0 e conquistou a competição internacional pela segunda vez na história. O time paranaense é um dos maiores vencedores ao lado de Boca Juniors e Independiente, ambos da Argentina.

A Sul-Americana de 2022 começa em 06 de março e termina em 1º de outubro. A grande final acontece no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

CONFIRA OS BRASILEIROS NA SUL-AMERICANA DE 2022

  • Atlético-GO - 3ª participação (oitavas de final em 2012 e fase de grupos em 2021);
  • Santos - 7ª participação (quartas de final em 2003, 2004 e 2021, primeira fase em 2005 e 2019 e oitavas de final em 2006);
  • Ceará - 3ª participação (segunda fase em 2011 e fase de grupos em 2021);
  • Internacional - 7ª participação (campeão em 2008, semifinalista em 2004, quartas de final em 2005, oitavas de final em 2009, segunda fase em 2014 e fase preliminar em 2003);
  • SPFC - 13ª participação (campeão em 2012, semifinalista em 2003, 2013 e 2014, quartas de final em 2007, oitavas de final em 2004 e 2011, segunda fase em 2008, 2018 e 2020, e primeira fase em 2005 e 2017);
  • Cuiabá - 2ª participação (segunda fase em 2016).