“Irmão não sou, mas tenho fé em Deus”, comenta meia polêmico do Coxa

Redação


“Irmão eu não sou, mas tenho fé em Deus, acredito, me arrependo de algumas coisas e é isso. O que aconteceu no passado é lixo, não existe mais”. Com essas palavras, o polêmico meia Bernardo, que estava no Ulsan Hyundai, da Coréia do Sul, foi apresentado como o mais novo reforço do Coritiba para a temporada. Durante a entrevista coletiva, Bernardo disse que está ansioso para jogar e que as polêmicas, muitas, em que esteve são coisas do passado. Por conta disso, Bernardo fez um contrato de produtividade.

“É um clube com a camisa muito forte, tem tradição, foi campeão brasileiro e é respeitado no Brasil. Quando eu soube dessas informações, eu fiquei muito contente, sonhando que poderia dar certo e acreditando”, confessou.

Bernardo ganhou destaque no cenário nacional em 2011, quando conquistou a Copa do Brasil com a camisa do Vasco. O meia já passou também pelo Cruzeiro, Goiás, Vasco, Santos, Palmeiras e Ceará. Do elenco atual, Bernardo já jogou com Kleber, Alan Santos, Elisson, Leandro e Vinícius.

Entre as situações polêmicas que envolveram o atleta esteve um problema com traficantes no Rio, por ter saído com a mulher de um deles, além de ter vazado na internet um vídeo íntimo dele, entre outras situações extra-campo.

 

Previous ArticleNext Article