Itália e País de Gales passam de fase na Eurocopa

UOL/Folhapress


Dois jogos bem distintos encerraram o Grupo A da Eurocopa na tarde deste domingo (20). Em Roma, a Itália não brilhou, mas venceu o País de Gales por 1 a 0 e encerrou a fase com 100% de aproveitamento.

Suíça e Turquia, por outro lado, fizeram um duelo eletrizante e recheado de golaços, que acabou em 3 a 1 para os suíços.

Os resultados confirmam as classificações para as oitavas de final de Itália e País de Gales – este último pelo saldo. A Suíça, por sua vez, espera a definição dos outros grupos para sonhar com uma vaga. Já a Turquia, que perdeu seus três confrontos, está eliminada.

Confira um resumo do que foram os dois jogos restantes do Grupo A da Eurocopa:

ITÁLIA x PAÍS DE GALES

Já garantida na próxima fase, a Itália escalou um time misto e até chegou a ditar as ações nos primeiros minutos de jogo, mas viu o adversário neutralizar os ataques e esfriar a partida.

O gol italiano só saiu aos 38 minutos. Pessina aproveitou cobrança ensaiada de falta e, se antecipando na 1ª trave, abriu o placar para os mandantes: 1 a 0.

Ainda classificado, Gales tentou incomodar, mas sofreu de novo com a bola parada italiana ao ver Bernardeschi acertar a trave em cobrança de falta, logo aos 6 minutos da segunda etapa.

As coisas pioraram para a equipe de Bale quando o zagueiro Ampadu deu um pisão em Bernardeschi e foi expulso direto pela arbitragem. Depois disso, nada especial: 1 a 0.

SUÍÇA x TURQUIA

Dependentes de uma vitória para sonhar com uma vaga nas oitavas de final, Turquia e Suíça fizeram um jogo ofensivo e com gols de tirar o fôlego. Depois de uma blitz inicial da Turquia, foi a Suíça a responsável por tirar o zero do placar.

Aos 5 minutos, Seferovic tabelou com Zuber e acertou um lindo chute cruzado, balançando as redes de Çakir.

Quinze minutos depois, veio mais um golaço suíço, desta vez com Shaqiri: o atleta do Liverpool recebeu na entrada da área e, de chapa, colocou no ângulo do goleiro e ampliou.

Com 2 a 0 no “bolso” somada à parcial vitória da Itália sobre Gales, os suíços precisavam de dois gols (ou um, caso o rival fosse vazado novamente pela líder) para avançar.

A Turquia, no entanto, jogou um balde de água fria no adversário, aos 16 minutos do segundo tempo, com Kavehci. O volante acertou um forte chute de fora da área e diminuiu.
Desesperados, os suíços aproveitaram um contra-ataque e, sete minutos depois, fizeram o terceiro – novamente com Shaqiri. No entanto, não foi o suficiente para marcar mais vezes.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="771081" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]