Japão perde para Polônia, mas passa pelos cartões

Francielly Azevedo


O último critério de desempate teve que ser utilizado para definir o segundo classificado do Grupo H para as oitavas de final da Copa do Mundo. O Japão perdeu para a já eliminada Polônia e terminou a primeira fase empatado com Senegal em pontos (4), saldo de gols (zero) e número de gols marcados (4). Como também empataram o confronto direto, em 2 a 2, a vaga foi definida no menor número de cartões recebidos. Vantagem para a disciplina japonesa, que, com quatro cartões recebidos, passou de fase, deixando Senegal, que recebeu seis amarelos, de fora.

O jogo começou bastante morno. Já eliminada, a Polônia parecia desinteressada, enquanto o Japão, que precisava de um ponto para garantir a classificação, se preocupava mais em não sofrer gols do que em atacar. Tanto que a partida chegou a 30 minutos sem nenhuma seleção criar uma chance de gol.

Na segunda etapa, com o Japão acomodado, a Polônia resolveu atacar. E não demorou a chegar ao gol, com Bednarek. A Polônia ainda teve chances de ampliar, mas esbarrou no goleiro Kawashima. Nos minutos finais, o Japão fez um papelão: abdicou do jogo e deixou o tempo passar, com os jogadores ficando rigorosamente parados com a bola no meio do campo. A Polônia também se conformou com o 1 a 0 e se despediu da copa com, pelo menos, uma vitória, no último lugar do grupo do qual era cabeça de chave.

Previous ArticleNext Article
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.
[post_explorer post_id="533077" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]