Jogadora do PSG é presa sob suspeita de tramar agressão a colega de time

Folhapress

PSG-Aminata-Diallo

A jogadora de futebol Aminata Diallo, do Paris Saint-Germain, é suspeita de envolvimento em um ataque a uma colega de time no clube francês e está sob custódia policial. O PSG confirmou em um comunicado que a meio-campista francesa Diallo, 26, foi dedita na manhã desta quarta-feira (10) pela polícia de Versalhes em razão do episódio, que teria ocorrido na última quinta (4).

“Desde quinta-feira à noite o clube tem tomado todas as medidas necessárias para garantir a saúde, o bem-estar e a segurança de toda a sua equipa feminina”, afirmou a agremiação. “O Paris Saint-Germain condena nos termos mais veementes a violência cometida.”

Nem o clube nem a polícia deram mais detalhes sobre o ocorrido, mas, de acordo com informações da imprensa local, Diallo é acusada de armar uma emboscada para Kheira Hamraoui, 31, com quem disputa posição no meio-campo do PSG e da seleção da França.

Segundo os relatos, Diallo dava carona para a colega após um evento do clube quando homens mascarados interceptaram o carro e agrediram Hamraoui com uma barra de metal. A atleta ficou ferida nas mãos e nas pernas e precisou ser afastada do elenco na última semana.

Como as agressões foram direcionadas apenas a Hamraoui e nenhum bem teria sido roubado, Diallo passou a ser tratada como suspeita.

Ela substituiu a companheira na formação titular na última partida da equipe, pela Champions League, vitória de 4 a 0 sobre o Real Madrid. No mês passado, Diallo foi chamada para a seleção justamente como substituta de Hamraoui, que na ocasião sofrera uma lesão na panturrilha.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="802529" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]