Jogadores do Londrina se mobilizam para ajudar menino Rafinha

Francielly Azevedo


Da Assessoria

Guerreiras são aquelas pessoas que não desistem de lutar, e foi assim com o Rafinha, o pequeno de dois anos de idade que luta hoje contra a OEIS Complex, uma doença que engloba uma série de complicações para a saúde do pequeno.

Com apenas 18 semanas de gestação, a mamãe Geisy Fabris recebeu a notícia que poderia sofrer um aborto espontâneo, mas com fé decidiu seguir em frente. Foram semanas de batalha até a chegada do diagnóstico de que Rafinha teria várias complicações ocasionadas pela má formação.  Quando nasceu, com oito meses, foram necessários dias na UTI  e cirurgias de emergência para tratar da mielomeningocele, onfaloncele, extrofia de cloaca, genitália ambígua (sem genitália) e o ânus imperfurado, que eram as complicações que envolviam Rafinha.

Hoje, com dois anos de idade, ele luta para avançar no tratamento e pela melhora da qualidade de vida. Bolsas de colostomia, fisioterapia e cuidados específicos fazem parte da rotina da família, e agora, mais um desafio envolve o caminho dele: a arrecadação de R$ 65.000,00 para buscar o tratamento de sua doença nos Estados Unidos.

Por se tratar de uma doença extremamente rara, a medicina brasileira não conseguiu efeitos significativos no tratamento, por isso, os pais buscam agora acompanhamento de fora. O objetivo é ir em janeiro, mas para isso é necessário a arrecadação de fundos para a viagem que tem alto custo.

O Londrina Esporte Clube juntamente com a SM Sports entraram na causa e no último dia 06, foi entregue pelo Presidente Cláudio Canuto a importância de R$ 15.000,00 para o auxílio no tratamento, fora isso, foi disponibilizado a abertura para divulgação em rede nacional da campanha através dos jogos da Copa da Primeira Liga, onde jogadores entraram juntamente com o Rafinha com as faixas da causa.

“Continuaremos trabalhando e dando suporte, o Londrina está realmente à disposição. Acho que esse é o trabalho do clube, de poder auxiliar pessoas necessitadas dentro da cidade. O Londrina tem um nome que pode ajudar, as pessoas se sensibilizam e há um acúmulo de pessoas querendo contribuir.  Nosso objetivo é ajudar, ajudar a arrecadar os R$ 65.000,00 para essa consulta e poder fazer com que o Rafinha tenha uma vida mais tranquila e digna  daquilo que ele tem hoje, e eu como Presidente do Londrina abri as portas por entender que o Londrina é uma grande nação que pode ajudar várias pessoas”, conta o Presidente Cláudio Canuto.

Para saber mais acesse o facebook da campanha

Ajude também o Rafinha em:

  • Vaquinha online
  • Conta para depósito: Caixa Econômica/ Agência 2825/ Conta poupança 2452/ Operação 013

Previous ArticleNext Article
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.
[post_explorer post_id="455306" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]