Jogadores minimizam falhas e exaltam atuação da Bélgica

Como não poderia deixar de ser, o clima entre os jogadores da seleção brasileira foi de consternação após a derrota por ..

Folhapress - 06 de julho de 2018, 18:53

Foto de Rodolfo Buhrer / La Imagem
Foto de Rodolfo Buhrer / La Imagem

Como não poderia deixar de ser, o clima entre os jogadores da seleção brasileira foi de consternação após a derrota por 2 a 1 para a Bélgica, nesta sexta-feira (6), em Kazan, que eliminou a equipe treinada por Tite da Copa do Mundo da Rússia nas quartas de final.

Autor do único gol brasileiro no duelo, o meia Renato Augusto apontou uma desestabilização emocional do time com dois gols sofridos no primeiro tempo. "A gente tem de estar preparado para tudo, inclusive começar perdendo. A gente se desesperou um pouco e por isso saiu o segundo . Depois ficou difícil tentar o resultado, mas a gente lutou até o fim", avaliou.

"Acho que é uma mistura de coisas. A Bélgica se fechou, tem de forçar porque está perdendo o jogo, busca um passe decisivo para tentar empatar... A Bélgica tem os seus méritos também", concluiu Renato.

"Infelizmente não é o que queríamos. A gente deixa a Copa com uma tristeza, tentamos até o fim. Perdemos para uma grande equipe, tem de dar os parabéns para a Bélgica, que soube aproveitar as duas oportunidades. É um grupo batalhador, um grupo jovem, que tem uma possibilidade de ganhar o próximo Mundial", disse o zagueiro Miranda, capitão do Brasil nas quartas de final.

O goleiro Alisson minimizou falhas individuais que contribuíram para os gols belgas na partida e exaltou as qualidades do grupo que esteve na Rússia. "Em um primeiro momento, é difícil ter uma avaliação. Com certeza dói muito, é uma eliminação que a gente não esperava. A gente tem de estar pronto para todas as situações dentro do futebol, e a derrota faz parte. A gente tem de aprender com os erros. Mas acredito que os erros foram mínimos, a nossa equipe teve muita qualidade. É isso que dói mais, saber que a gente encontrou um adversário que foi muito bem dentro da proposta deles. Faltaram os gols, faltou segurar, não deixar o adversário fazer os gols. Mas a gente tem de sair de cabeça erguida, fez um grande trabalho até aqui. Está todo mundo de parabéns", afirmou.