Jones chora em coletiva e lamenta doping no UFC

Redação


Após saída do UFC, o lutador Jon Jones afirmou, em coletiva de imprensa, estar arrependido e pediu desculpas aos fãs pelo o que aconteceu. Jones deu positivo para um exame anti-doping realizado nesta semana, em que ele participaria da luta contra Daniel Cormier. “Quero começar me desculpando com todos os fãs que vieram me apoiar no UFC 200, com o UFC e com os irmãos Fertitta por não poder lutar, e com toda a equipe do UFC, e quero me desculpar com Daniel Cormier. Esta luta significava muito para ele e para mim, e eu peço minhas sinceras desculpas. Sinto muito que isso tenha acontecido”, lamentou.

“Toda a situação é horrível e estou muito magoado. Eu não faço ideia do que seja. Tenho tomado os mesmos suplementos durante a maior parte da minha carreira. Sou totalmente contra substâncias que melhoram a performance, e a parte que mais me machuca é ser rotulado como um trapaceiro”, disse.

“Mesmo se eu tiver que ficar de fora por dois anos, com certeza vou voltar”, disse Jones,

 

O empresário de Jones, Malki Kawa disse que a contraprova de Jones será testada em Salt Lake City, e afirmou também que Jones já foi testado oito vezes anteriormente e nada houve  contra ele. Caso seja declarado culpado, Jonespode ser preso por até dois anos.

Previous ArticleNext Article