Jorge Ferreira pede demissão e deixa comando técnico do Paraná

O técnico Jorge Ferreira pediu demissão do comando técnico do Paraná Clube, após a derrota frente ao Operário na noite deste sábado (5).

Jorge de Sousa - 05 de fevereiro de 2022, 22:33

Geraldo Bubniak/AGB
Geraldo Bubniak/AGB

O técnico Jorge Ferreira pediu demissão do comando técnico do Paraná Clube, após a derrota frente ao Operário na noite deste sábado (5).

O pedido de demissão foi confirmada pelo presidente do Paraná Clube, Rubens Ferreira Silva, o Rubão, em pronunciamento.

"Conversei com o Jorge no vestiário, mas ele disse que ama demais esse clube, e que deixaria o cargo. Agora, além de todos os problemas que temos no clube, teremos que sair em busca de um profissional. Temos que buscar também peças para o elenco profissional", disse Rubão.

Jorge Ferreira assumiu o comando técnico do Paraná Clube em 2021, quando Sílvio Criciúma pediu demissão com cinco jogos restantes no Campeonato Brasileiro da Série C.

O treinador conseguiu duas vitórias, um empate e duas derrotas nessas partidas e não conseguiu evitar o rebaixamento para a Série D do Campeonato Brasileiro.

O desempenho fez com que a diretoria mantivesse o treinador para 2022, mas em cinco jogos no Campeonato Paranaense o Paraná Clube soma apenas uma vitória e quatro derrotas na competição.

Jorge Ferreira trabalhava no Paraná Clube desde 2012 em funções como técnico das categorias de base, coordenador da base e auxiliar da comissão permanente e ficou fora por apenas sete meses, quando teve uma breve passagem pelo J. Malucelli.

LEIA MAIS: Argentina bate Brasil nos pênaltis e vai à final da Copa América de futsal