Jornalistas projetam o que esperar do Coritiba em 2022

O Coritiba conquistou o grande objetivo da temporada de 2021 e retornou para a Série A do Campeonato Brasileiro. Para 20..

Pedro Melo - 02 de janeiro de 2022, 12:35

(Geraldo Bubniak/AGB)
(Geraldo Bubniak/AGB)

O Coritiba conquistou o grande objetivo da temporada de 2021 e retornou para a Série A do Campeonato Brasileiro. Para 2022, o Coxa espera acabar com a fama de time que sobe e desce, e se firmar na primeira divisão. Mas o que fazer para atingir o feito? A reportagem do Paraná Portal ouviu jornalistas paranaenses para saber o que esperar da equipe alviverde neste ano.

Os jornalistas convidados são Ayrton Baptista Júnior, apresentador e produtor da rádio CBN Curitiba; Gabriel Carriconde, narrador da rádio Cidade; Elísio Júnior, narrador da rádio Banda B; Rafael Morientes, repórter da rádio CBN Londrina e da CBF TV; e Cesinha Oliveira, repórter da rádio Norte FM e da CBF TV.

CONFIRA AS OPINIÕES DOS JORNALISTAS SOBRE O QUE ESPERAR DO CORITIBA EM 2022

AYRTON BAPTISTA JUNIOR – APRESENTADOR E PRODUTOR DA RÁDIO CBN CURITIBA

O Coritiba para 2022 ainda é uma incógnita porque não foram apresentados novos contratados. Como o alviverde é um dos clubes de menos recursos na Série A, a margem de erro terá que ser muita pequena, mesmo que a ambição seja a ter, neste retorno, uma posição intermediária sem risco de rebaixamento.

O fator positivo é que a maioria dos titulares permanece e que a diretoria tem a consciência de que o time da Série B de 2021 não é suficiente para a Série A de 2022.

Como o Athletico vai repetir a estratégia de colocar os aspirantes no Campeonato Paranaense, o Coritiba estará mais pressionado a ser campeão. Saber lidar com esta pressão, sem se descuidar da Copa do Brasil, é a tarefa para o primeiro trimestre.

GABRIEL CARRICONDE – NARRADOR DA RÁDIO CIDADE

Minha expectativa é que a diretoria saiba bem o que está fazendo, e monte um time competitivo e barato para manter-se na série A, e fazer uma boa Copa do Brasil. O Juarez tem feito um bom trabalho, e com a aprovação da SAF abre-se um leque de oportunidades interessantes para o clube no futuro, mas a margem de erro tá cada vez mais curta na série A, e vai exigir bem mais organização do Coxa do que em outros anos.

ELÍSIO JÚNIOR – NARRADOR DA RÁDIO BANDA B

O Coritiba retorna para a primeira divisão do futebol brasileiro, teve uma cesso bem bacana, mas com um susto na reta final. O Coritiba perdeu algumas peças, manteve outras, mas precisa ir ao mercado. Um time de Série B não é de Série A. Para não ser um golfinho, que sobe e desce de novo, o Coritiba tem que buscar peças. Não vejo na Série B peças para se manter na Série A. Tem que procurar jogadores acostumados a essa competição.

A expectativa é de reforços para o time, e a administração também está fazendo um bom trabalho. Para o Coritiba ser vencedor em 2022, tem que buscar peças para fazer um time a altura da Série A. O Coritiba tem que se reforçar, além de manter os principais jogadores. O elenco tem que ser forte para aguentar a temporada que tende a ser boa. Destaco que precisa fazer um time mais forte para se manter na Série A.

RAFAEL MORIENTES – REPÓRTER DA RÁDIO CBN LONDRINA E DA CBF TV

Coritiba é um time que me enche os olhos e gostei muito da campanha no ano passado. Sou fã do trabalho do Gustavo Morínigo e acredito que ele é o melhor técnico do estado, a frente até do Alberto Valentim. O Léo Gamalho é um atacante que dispensa comentários. O time tem um esqueleto, buscado reforços, e a diretoria está de parabéns. Acredito que o Coxa será uma espécie de Fortaleza, vai beliscar uma Libertadores ou Sul-Americana pelo menos. E no Paranaense, tem tudo para ser campeão.

CESINHA OLIVEIRA – REPÓRTER DA RÁDIO NORTE FM E DA CBF TV

Coxa, na minha humilde opinião, vai lutar para não cair. Precisa ter uma mentalidade muito diferente da que tem hoje para brigar na parte de cima da tabela do Campeonato Brasileiro. Na minha opinião, o Coritiba e o Goiás são dois candidatos fortes para o rebaixamento do ano que vem.