Jotinha sai atrás, mas vira sobre o Tubarão, em Londrina

Redação


O JMalucelli mostrou que não está incomodado com os problemas extra-campo que podem até paralisar o Paranaense, na próxima semana, em caso a ser julgado pelo STJD, no Rio de Janeiro. O time da capital foi até Londrina e surpreendeu o Tubarão no Estádio do Café, ao virar o placar e vencer por 3 a 1 na partida de ida da fase mata-mata do Paranaense. O vencedor dessa fase irá enfrentar Cianorte ou Prudentópolis que jogaram no domingo com vitória do Cianorte, fora de casa, por 2 a 0.

O Londrina abriu o placar aos 10 minutos de jogo, com Robinho, mas dois minutos depois o Jotinha respondeu com Alex Fraga, que subiu mais que a zaga londrinense e empatou o jogo.

A partida estava equilibrada até que aos 37 minutos Germano levou o segundo cartão amarelo e foi expulso.  Na segunda etapa, o Jotinha voltou mais decidido e aos sete minutos, após uma pressão inicial, Tomas cruzou e Jenison bateu sem chances para o goleiro londrinense.

Aos 24 Tomas mandou um chute no travessão do Londrina, e aos 26, Rafael Gava exigiu difícil defesa de Fabrício.  Aos 34, porém, Tomas voltou a arriscar de longe e dessa vez conseguiu vencer o goleiro César e deu números finais para a partida.

No final da partida o atacante Getterson falou à imprensa e mostrou otimismo com a equipe e avaliou o jogo de forma positiva. “O resultado nos deu uma tranquilidade e a expulsão nos facilitou um pouco, mas vamos manter o mesmo ritmo no jogo de volta em nossa casa”, afirmou.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="422660" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]