Justiça nega pedido do Cruzeiro e jogo com Atlético-PR terá torcida única

O juiz Jailton Juan Carlos Tontini, da Vara da Fazenda Pública do Paraná, indeferiu na noite desta terça-feira (15) o ma..

Francielly Azevedo - 16 de maio de 2018, 11:35

Foto: Rodolfo Buhrer
Foto: Rodolfo Buhrer

O juiz Jailton Juan Carlos Tontini, da Vara da Fazenda Pública do Paraná, indeferiu na noite desta terça-feira (15) o mandado de segurança impetrado pelo Cruzeiro na última segunda-feira (14), para que o duelo contra o Atlético-PR nesta quarta-feira (16) não tivesse torcida única. Desta maneira, o projeto do Ministério Público do Paraná (MP-PR) passa a ser testado na noite de hoje com a presença de apenas a torcida atleticana na Arena da Baixada. O Cruzeiro ainda recorre à Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

A Raposa é contrária à iniciativa do MP-PR, em acordo com o Atlético-PR, que definiu que todos os jogos na Arena da Baixada tenham a presença exclusiva de torcedores atleticanos. A proposta foi criada, segundo o órgão, para evitar a violência e o remanejamento de força policial.

Com a negativa, agora os mineiros recorrem à CBF para ter ingressos para a partida. O impasse acontece porque a entidade já tinha dado o aval para que não fossem comercializados os bilhetes para os visitantes. Sem tempo hábil, o duelo desta noite não deve ter a presença da torcida celeste.