Juventus vira contra o Tottenham em 3 minutos e vai às quartas da Liga dos Campeões

Roger Pereira


SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A Juventus passou sufoco, mas contou com três minutos de inspiração para conseguir uma virada sobre o Tottenham e a vitória por 2 a 1, nesta quarta-feira (7), no estádio de Wembley, em Londres. O resultado garante o time italiano nas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa.
No jogo de ida, na Itália, as duas equipes haviam empatado em 2 a 2. Na volta, Son Heung-Min abriu o placar para o Tottenham no primeiro tempo, mas Higuaín e Dybala fizeram os gols da classificação da Juventus na etapa final.
Classificada, a Juventus agora aguarda seu rival na próxima fase, que será definido em sorteio no dia 16 de março. Os jogos de ida das quartas de final acontecem nos dias 3 e 4 de abril. Já os confrontos de volta estão marcados para os dias 10 e 11.
Depois de empatar o jogo de ida fora de casa, o Tottenham começou o jogo acelerado, criando boas chances com o trio Dele Alli, Harry Kane e Heung-Min Son. Aos 4min, Son chutou forte pela esquerda e parou em boa defesa de Buffon. Depois, aos 19 min, a defesa da Juventus precisou se livrar para afastar a pressão londrina na área. Mais à frente, aos 32 min, Dele Alli aproveitou a sobra e chutou rasteiro, parando de novo no goleiro.
Melhor em campo, o Tottenham seguia pressionando e quase fez 1 a 0 aos 38 min: após ganhar da defesa pela esquerda, Son invadiu a área e bateu cruzado. A bola passou rente à trave de Buffon. Mas o gol acabou mesmo vindo um minuto depois, e dos pés do próprio coreano. Dele Alli invadiu a área pela direita e foi travado por Barzagli; na sobra, Trippier cruzou rasteiro para Son, que errou o chute, mas tirou de Chiellini para mandar para o gol aberto.
A Juventus demorou a crescer no jogo e ofereceu perigo em poucas chances no primeiro tempo. No segundo, teve a primeira grande chance aos 17 min. Após cruzamento que Jan Vertonghen cortou mal, a bola sobrou para Paulo Dybala, que bateu de primeira e, mesmo com o gol aberto, mandou longe do gol.
Mas a igualdade no placar finalmente chegou aos 19 min. Após cruzamento pela direita, Sami Khedira escorou de cabeça para Gonzalo Higuaín, que apareceu na segunda trave para desviar com o pé e tirar do goleiro Hugo Lloris.
Se a situação do Tottenham ficou ruim, piorou três minutos depois. Depois de belo passe em profundidade de Higuaín, Dybala saiu livre, invadiu a área em velocidade e bateu na saída de Lloris.
Com 36 min, o Tottenham teve a chance do empate: após receber a bola na área, Eriksen bateu para o gol, mas Asamoah desviou para a linha de fundo. Dois minutos depois, Son também tentou o chute de longe, mandando rente à trave direita de Buffon. O próprio coreano recuperou uma bola na linha de fundo aos 40 min e cruzou para a entrada da área, de onde Ben Davies chutou para fora.
Já aos 45 min, a grande chance londrina no segundo tempo, em uma cabeçada de Harry Kane que Buffon não alcançou. A bola bateu na trave e quicou na linha antes que Barzagli afastasse com um chutão.

Previous ArticleNext Article
Repórter do Paraná Portal
[post_explorer post_id="508675" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]