Lateral-esquerdo Egídio é o primeiro reforço do Coritiba para 2022

O Coritiba anunciou a contratação do lateral-esquerdo Egídio, o primeiro reforço para a temporada de 2022. O experiente ..

Pedro Melo - 30 de dezembro de 2021, 16:08

(Lucas Merçon/Fluminense)
(Lucas Merçon/Fluminense)

O Coritiba anunciou a contratação do lateral-esquerdo Egídio, o primeiro reforço para a temporada de 2022. O experiente jogador de 35 anos ainda vai passar por exames médicos e aguarda o registro na CBF para estrear com a camisa coxa-branca.

Revelado pelo Flamengo em 2006, Egídio teve sua única experiência no futebol paranaense na temporada seguinte. Ele foi o lateral-esquerdo titular do Paraná Clube durante a Libertadores. O jogador ainda passou por Juventude, Figueirense, Vitória, Ceará, Goiás, Cruzeiro, Dnipro-UCR, Palmeiras e Fluminense.

O auge de Egídio foi no Cruzeiro, quando jogou quase 100 partidas entre 2013 e 2014. No período, ele conquistou dois títulos do Campeonato Brasileiro. O lateral-esquerdo ainda ganhou o Brasileirão de 2016 com o Palmeiras.

Outros títulos importantes na carreira do novo lateral-esquerdo do Coritiba são a Copa do Brasil por Flamengo, Palmeiras e Cruzeiro, e a Série B pelo Goiás.

Além de Egídio, outros jogadores estão próximos de acertar com o Coritiba para a próxima temporada. São eles: o meia Régis, que disputou a última Série B pelo Guarani, e o atacante Alef Manga, destaque na campanha do acesso do Goiás para a primeira divisão.

A pré-temporada do Coritiba começa na próxima segunda-feira (03), no CT da Graciosa. A estreia no Campeonato Paranaense é no dia 22, às 16h, contra o Cianorte, no estádio Couto Pereira.

CONFIRA A NOTA OFICIAL DO CORITIBA

O Coritiba chegou a um acordo com Egídio para a próxima temporada. 

O lateral-esquerdo virá em definitivo e vestirá a camisa alviverde durante o ano de 2022.

Egídio tem 35 anos e foi revelado no Flamengo, tendo passagens por Ceará, Goiás, Cruzeiro, Palmeiras e Fluminense.

As próximas etapas são: realização de exames médicos e os processos de registro junto à CBF. Se tudo estiver correto, sua apresentação se dará em janeiro, junto ao elenco profissional.