Leclerc vence GP do Bahrein de F1 e encerra jejum da Ferrari

Charles Leclerc venceu o GP do Bahrein de F1 na tarde deste domingo (20) e encerrou um jejum de dois anos sem vitórias da Ferrari na categoria.

Jorge de Sousa - 20 de março de 2022, 13:47

Reprodução/Twitter F1
Reprodução/Twitter F1

Charles Leclerc venceu o GP do Bahrein de F1 na tarde deste domingo (20) e encerrou um jejum de dois anos sem vitórias da Ferrari na categoria.

O último triunfo da Ferrari havia sido conquistado por Sebastian Vettel no GP de Cingapura em setembro de 2019.

A vitória de Leclerc foi conquistada de ponta a ponta e com direito a briga intensa na pista com o atual campeão mundial, Max Verstappen.

O pódio do GP do Bahrein foi fechado com Carlos Sainz Jr (completando a dobradinha da Ferrari) e o heptacampeão mundial Lewis Hamilton.

Com problemas hidráulicos, Verstappen foi para os boxes com três voltas restantes e abandonou a prova com quatro voltas restantes.

A Red Bull ainda perdeu a chance de pontuar na corrida quando na primeira curva da última volta, Sergio Pérez teve problemas no motor e acabou perdendo o controle do carro quando estava na terceira posição.

LECLERC VENCE BRIGA NA PISTA COM VERSTAPPEN E GARANTE VITÓRIA

Na largada, Leclerc, Verstappen e Sainz conseguiram manter as posições, mas viram Hamilton saltar para a quarta colocação ao ultrapassar Pérez.

Só que na décima volta, Pérez conseguiu com o auxílio da asa móvel dar o troco e recuperar a quarta colocação.

A briga pela liderança ficou agitada na volta 16, quando Leclerc fez a primeira parada para troca de pneus e viu Verstappen se aproximar.

Os dois pilotos trocaram ultrapassagens por três voltas, até que Verstappen errou o ponto de freada na primeira curva e Leclerc conseguiu abrir vantagem.

Diferente da primeira parada para troca de pneus, Verstappen não conseguiu se aproximar de Leclerc no segundo pit stop e viu o monegasco abrir vantagem na liderança.

Quando a prova parecia caminhar sem alterações nas primeiras posições, Pierre Gasly teve problemas mecânicos e precisou parar o carro na pista, sendo que o veículo chegou a pegar fogo após o francês sair do automóvel.

Devido ao incêndio, o safety car foi acionado e com isso todo o grid ficou agrupado para uma relargada a seis voltas do final.

Na relargada, Leclerc conseguiu abrir vantagem e viu no retrovisor Verstappen ter que brigar na primeira curva para manter a posição contra Sainz.

Sob perseguição de Sainz, Verstappen teve que ir para os boxes após sofrer com problemas hidráulicos e teve que abandonar a prova.

Hamilton ainda pressionou Pérez nas voltas finais para tentar buscar o pódio e conseguiu o feito quando o mexicano rodou na última volta, após sofrer com problema no motor.

Confira a classificação final do GP do Bahrein de F1: 

  1. Charles Leclerc (MON) - Ferrari
  2. Carlos Sainz Jr. (ESP) - Ferrari
  3. Lewis Hamilton (GBR) - Mercedes
  4. George Russell (GBR) - Mercedes
  5. Kevin Magnussen (DIN) - Haas
  6. Valtteri Bottas (FIN) - Alfa Romeo
  7. Esteban Ocon (FRA) - Alpine
  8. Yuki Tsunoda (JAP) - Alpha Tauri
  9. Fernando Alonso (ESP) - Alpine
  10. Guanyu Zhou (CHN) - Alfa Romeo
  11. Mick Schumacher (ALE) - Haas
  12. Lance Stroll (CAN) - Aston Martin
  13. Alexander Albon (TAI) - Williams
  14. Daniel Ricciardo (AUS) - McLaren
  15. Lando Norris (GBR) - McLaren
  16. Nicolas Latifi (CAN) - Williams
  17. Nico Hulkenberg (ALE) - Aston Martin
  18. Sergio Pérez (MEX) - Red Bull Racing (não completou)
  19. Max Verstappen (HOL) - Red Bull Racing (não completou)
  20. Pierre Gasly (FRA) - Alpha Tauri (não completou)

LEIA MAIS: Real Madrid x Barcelona em La Liga; escalações e onde assistir