Leicester demite técnico de seu único título inglês

Redação


Um dia após o Leicester ser derrotado para o Sevilla, pelo jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, o italiano Claudio Ranieri, considerado pela Fifa o melhor técnico da temporada 2015/2016 foi demitido do time inglês, nesta quinta-feira (23), nove meses depois de conseguir o primeiro título da equipe na Premier League.

O clube anunciou que “os resultados desta temporada colocaram o time em perigo no Campeonato Inglês, e a diretoria acha que uma mudança é interessante para o clube, por mais doloroso que possa ser”. Eles estão a apenas um ponto da zona de rebaixamento inglesa.

O anúncio surpreendeu os ingleses, pois não se comentava sequer o assunto. O futebol inglês, porém, não tem a tradição de demitir técnicos. O último a sofrer decisão parecida foi o português José Mourinho, demitido do Chelsea em dezembro de 2015, seis meses depois de vencer o Campeonato Inglês.

Para o craque criado no Leicester, Gary Lineker, a demissão foi precipitada. “Depois de tudo que Ranieri fez pelo Leicester, demiti-lo agora é inexplicável, imperdoável e dá um nó no estômago”, reagiu.

Previous ArticleNext Article